Sobre espaço público e heterotopia

Autores

  • Rodrigo Ramos Hospodar Felippe Valverde USP- São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5007/2177-5230.2009v24n48p7

Palavras-chave:

Heterotopia, Espaço público, Foucault

Resumo

O objetivo desse artigo é traçar um paralelo entre a crise no modelo utópico de espaço público e a eminência de novas formas, comportamentos e significados dos espaços urbanos, que podem ser mais precisamente compreendidos à luz da idéia de heterotopia. Este conceito problemático de Foucault foi debatido no contexto da geografia pós-moderna e, nesse artigo, é utilizado para se questionar o papel da dimensão social dentro da teoria dos espaços públicos.

Biografia do Autor

Rodrigo Ramos Hospodar Felippe Valverde, USP- São Paulo

Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999), mestrado em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2003) e doutorado em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Atualmente é Professor Doutor da Universidade de São Paulo e pesquisador associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Política, em Geografia Regional, em História do Pensamento Geográfico e em Geografia Cultural, atuando principalmente nos seguintes temas: regionalização, espaço público, rio de janeiro, território, heterotopia e favela

Downloads

Publicado

2009-01-01

Edição

Seção

Artigos