Disponibilidade térmica para diferentes culturas agrícolas em região de clima subtropical úmido obtida através da utilização de índice bioclimático

Aparecido Ribeiro de Andrade, Juliane Bereze, Rosana Martins dos Santos, João Anésio Bednarz

Resumo


Existem vários sistemas de unidades bioclimáticas além dos graus-dia, embora sua utilização e limitação ainda sejam pouco conhecidas na agricultura contemporânea. Diante disso, este trabalho objetivou avaliar o desempenho do Índice Heliotérmico de Geslin (IHG) para diferentes culturas agrícolas difundidas em área de clima subtropical úmido, tendo como estudo de caso o município Guarapuava(PR). A comparação entre o IHG ideal em cada fase produtiva e o IHG efetivamente ocorrido durante as safras de 2008 a 2013 possibilitou identificar distintos níveis de influência da disponibilidade térmica para o cultivo agrícola na região. Os dados foram cedidos pelo Instituto Agronômico do Paraná – IAPAR e analisados através de estatística clássica, que serviu de base para a escolha do índice utilizado.

Palavras-chave


Índice heliotérmico; Produtividade agrícola; Variabilidade climática

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2177-5230.2017v32n64p66

Geosul, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. eISSN 2177-5230

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.