Industrialização de pescado no município do Rio Grande: da gênese ao final do século XX

César Augusto Avila Martins, Marco Antônio Gama Renner

Resumo


O setor pesqueiro no Brasil é escassamente analisado do ponto de vista de suas relações econômicas e políticas com base na formação social. Há uma hegemonia de interpretações sobre a pesca como atividade extrativa praticada com instrumentos simples e baseada em conhecimentos ancestrais. O texto analisa o setor pesqueiro a partir da gênese e das transformações da industrialização no sul do Rio Grande do Sul na lógica combinada e contraditória entre os ritmos de reprodução natural, representado pelas espécies que se tornaram matérias-prima e os ritmos sociais hegemonizados pelas empresas e as regulações estatais.


Palavras-chave


Indústria; Pesca; Rio Grande

Texto completo:

PDF/A


Geosul, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. eISSN 2177-5230

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.