Diferenças socioeconômicas regionais nos municípios de Mato Grosso do Sul

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2177-5230.2021.e75832

Palavras-chave:

Desenvolvimento socioeconômico, Cluster espacial, Análise Exploratória de Dados Espaciais, Municípios, Mato Grosso do Sul

Resumo

Este artigo teve como objetivo analisar a possível existência de diferenças regionais quanto ao desenvolvimento socioeconômico nos municípios de Mato Grosso do Sul. Para tanto, utilizou-se o ferramental da Análise Exploratória de Dados Espaciais e as variáveis do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal para os anos de 1991, 2000 e 2010 e o Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal para o ano de 2016, buscando verificar a existência de clusters espaciais. Os principais resultados mostram que os municípios sofrem influência dos municípios vizinhos, apresentando disparidades regionais em relação a distribuição espacial do desenvolvimento socioeconômico, o que mostra a necessidade de políticas públicas específicas para melhorar esse desequilíbrio regional.

Biografia do Autor

Paulo Henrique Hoeckel, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Doutor em Economia. Professor na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Maria Cristina Vezzu Costa, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Graduada em Ciências Econômicas pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Referências

ALMEIDA, E. Econometria Espacial. Campinas–SP. Alínea, 2012.

ALMEIDA, E. S. Curso de Econometria Espacial Aplicada: Matrizes de Pesos Espaciais. 2004. Curso de Econometria Espacial, Departamento de Economia, Administração e Sociologia, da Esalq-usp, Piracicaba, 2004.

ANSELIN, L. Spatial econometrics, 1999. Disponível em: http://www.csiss.org/ learning_resources/content/papers/baltchap.pdf. Acesso em 16 de junho de 2019.

ARAUJO, Everton de; URIBE-OPAZO, Miguel A. e JOHANN, Jerry Adriani. Modelo de regressão espacial para estimativa da produtividade da soja associada a variáveis agrometeorológicas na região oeste do estado do Paraná. Eng. Agrícola. vol.34 no.2 Jaboticabal mar./abr. 2014.

ATLAS do Desenvolvimento Humano no Brasil, IDH-M e ICV: Metodologia. O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Disponível em: http://www.undp.org.br/HDR/Atlas.htm>. Acesso em: 25 jun. 2004.

BARROS P. R.; MENDONÇA R. Investimentos em Educação e Desenvolvimento Econômico, Rio de Janeiro, novembro de 1997.

BEATO Claudio C. F.; REIS Ilka Afonso. Desigualdade, desenvolvimento socioeconômico e crime. Departamento de Sociologia e Antropologia da UFMG, 2015.

CONSTANTINO, M.; PEGORARE B. A.; COSTA B. R. Desempenho regional do IDH e do PIB per capita dos municípios de Mato Grosso do Sul, Brasil, entre 2000 e 2010. Interações, Campo Grande - MS, v. 17, n. 2, p. 234-246, abr./jun. 2016.

FAVA-DE-MORAES, F. Universidade, Inovação e Impacto Socioeconômico. São Paulo em Perspectiva, 14(3), 2000.

FIRJAN. Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM). Ano base 2016, ano 2018. Recorte Municipal de Abrangência Nacional – Emprego e Renda Saúde e Educação. www.firjan.com.br/ifdm/ acesso em 30 out. 2019.

GADELHA, C. A. G.; MALDONADO, J. M. S. V.; COSTA, L. S. et al. O complexo produtivo da saúde e sua relação com o desenvolvimento: um olhar sobre a dinâmica da inovação em saúde. Revista do Serviço Público Brasília, abr/jun 2013.

HOECKEL, P. H. O.; CASAGRANDE, D. L.; SANTOS, C. A. P. Análise Espacial da Pobreza no Rio Grande do Sul. In: FOCHEZATTO, A.; PELEGRINI, T.; HOECKEL, P. H.; TOMKOWSKI, F. G. (Org.). Desenvolvimento Socioeconômico Regional: cidades, crescimento e especialização produtiva. 1ed.Porto Alegre: EDIPUCRS, 2019, v. 1, p. 129-160.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios: desenvolvimento socioeconômico. Mato grosso do Sul, 2010. Disponível em: http://www.estatisica.ibge.gov.br. Acesso em: 20 maio 2019.

IDHM. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal Brasileiro. Brasília: PNUD, Ipea, FJP, 2013. 96 p. – (Atlas do Desenvolvimento). Disponível em http/www.atlasbrasil.org.br acesso em 26-04-2019.

IPEA. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, 2018. Disponível em: http://www.ipea.gov.br. Acesso em: 10 mar. 2019.

LIMA, J. F; PIFFER, M.; OSTAPECHEN, L. A. P. O crescimento econômico regional de Mato Grosso do Sul. Interações, Campo Grande, MS, v. 17, n. 4, p. 757-766, out./dez. 2016.

MOLDAU, H. J. Os fundamentos microeconômicos dos indicadores de desenvolvimento socioeconômico. Universidade de São Paulo, FEA – USP, 1998.

PANTANAL MS, 2018. Disponível em: https://www.pantanalms.com.br/mapa-do-mato-grosso-do-sul-ms-brasil-turismo/. Acesso em: outubro de 2019.

PERES, M. F. T.; CARDIA, N.; MESQUITA NETO, P. D.; SANTOS, P. C. D.; ADORNO, S. Homicídios, desenvolvimento socioeconômico e violência policial no Município de São Paulo, Brasil. Revista Panamericana de Salud Publica, 23, 268-276, 2008.

PORTAL MS (Pantanal MS). Mapa do Mato Grosso do Sul – MS – Brasil Turismo: Mapa do Mato Grosso do Sul – MS – Brasil Turismo. Pantanal MS. Emerson Brito (Org.). Disponível em: https://www.pantanalms.com.br/mapa-do-mato-grosso-do-sul-ms-brasil-turismo/. Acesso em: 21 ago. 2019.

PNUD. Programa Nacional das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Atlas Brasil, 2013. [s.d.]. Disponível em: www.pnud.org.br. Acessado em: 23 de maio de 2019.

REIS, P. R. C.; SILVEIRA, S. F. R.; BRAGA, M. J. Previdência social e desenvolvimento socioeconômico: impactos nos municípios de pequeno porte de Minas Gerais. Revista de Administração Pública, v. 47, n. 3, p. 623-646, 2013.

REZENDE, A. J.; SLOMSKI, V.; CORRAR, L. J. A gestão pública municipal e a eficiência dos gastos públicos: uma investigação empírica entre as políticas públicas e o índice de desenvolvimento humano (IDH) dos municípios do Estado de São Paulo. Revista Universo Contábil, v. 1, n. 1, p. 24-40, 2005.

ROCHA, S. Desigualdade Regional e Pobreza no Brasil: A Evolução — 1981/95, Rio de Janeiro, junho de 1998.

RODRIGUES e Simões. Aglomerados industriais e desenvolvimento socioeconômico: uma análise multivariada para Minas Gerais. Ensaios FEE, Porto Alegre, v. 25, n. 1, p. 203-232, abr. 2004.

SEN, Amartya. Desenvolvimento como Liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

SHIKIDA F. Assis P. Crimes Violentos e Desenvolvimento Socioeconômico: Um Estudo Para o Estado do Paraná. Direitos fundamentais & justiça, n.5, out./dez., 2008.

SIEDENBERG, D. R. Indicadores de desenvolvimento socioeconômico: uma síntese. Desenvolvimento em Questão, v. 1, n. 1, p. 45-71, 2003.

SICSÚ, J.; CASTELAR, A. (Org.) Sociedade e Economia: estratégias de crescimento e desenvolvimento. Brasília: (2009) 256 f. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Disponível em: http://www.ipea.gov.br. Acesso em: 10 mar. 2019.

VIDIGAL, V. G.; AMARAL, I. C.; SILVEIRA, G. F. Desenvolvimento socioeconômico nas microrregiões do Paraná: Analise Multivariadas. Revista de Economia, v. 38, n. 2 (ano 36), p. 51-72, maio/ago. 2012. Editora UFPR.

Downloads

Publicado

2021-09-03

Edição

Seção

Artigos