“Memória, Modernidade, Martinica (fragmentos de um livro)”

Richard Price

Resumo


Este artigo é a transcrição de uma conferência com diapositivos apresentada em junho de 1998 no Museu de Antropologia da Universidade Federal de Santa Catarina – uma leitura pública em português de passagens originalmente publicadas em Inglês em The Convict and the Colonel (Boston: Beacon Press, 1998). A partir de uma etnografia de longo prazo, documentos de arquivos, ficção e poesia caribenha, o autor explora como, na Martinica, sob as intensas pressões da modernização, as metáforas históricas mais poderosas de uma geração rapidamente se transformam em alvo trivial de outra. Em parte mistério histórico, em parte biografia, em parte estudos culturais, o trabalho explora a ativa re-invenção da história, da identidade e da consciência: o passado feito cartão postal.

Palavras-chave


Caribe; Pós-colonialismo; Consciência histórica

Texto completo:

PDF/A


Ilha R. Antr., Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC,  Florianópolis, SC, Brasil, ISSNe 2175-8034