Nossa Senhora Aparecida e a Mulher Lobisomem: Benjamin, Brecht e teatro dramático na Antropologia

Autores

  • John Cowart Dawsey Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Aparecida do Norte, Paradigmas alternativos na antropologia, Drama

Resumo

A já clássica noção interpretativa de cultura formulada por Clifford Geertz nos permitiria tratar a cidade de Aparecida do Norte, onde se encontra a santa padroeira do Brasil, como um espécie de texto drmático. Poder-se-ia interpretar a “Mulher Lobisomem” e outras “atrações” que podiam ser encontradas na feira perto da nova catedral, nos anos oitenta, como manifestações carnvalescas do cáos em meio às quais emergi uma graciosa e serena ordem de proporções cósmicas. Por outro lado, procedendo à maneira de Walter Benjamin (cujas afinidades com o teatro brechtiano são bem conhecidas), tendo os olhos fixos nas elipses, incoerências, retificações suspeitas e comentários tendenciosos, busca-se o que pode estar submerso no texto. A “Mulher Lobisomem” tem muito a dizer sobre as esperanças e os comportamentos de Aparecidas profanas. Este artigo pode ser visto como um exercício de detecção de paradigmas alternativos na antropologia, às margens do teatro dramático de Victor Turner e nas bordas da hermenêutica de Clifford Geertz.

Biografia do Autor

John Cowart Dawsey, Universidade de São Paulo

Professor Titular MS-6 (2007) e livre-docente (1999) em Antropologia Social da Universidade de São Paulo (USP). Coordenador do Napedra - Núcleo de Antropologia, Performance e Drama - e do projeto temático "Antropologia da Performance: Drama, Estética e Ritual". Coordenador do Núcleo de Extensão em Artes Corporais e Cultura Afro-Brasileira, USP. Coordenador e organizador (com grupo do Napedra) do I Encontro Nacional de Antropologia e Performance (2010). Possui graduação em História (Bachelor of Arts) - Florida Southern College (1973), mestrado em Teologia - Emory University (1977) e doutorado em antropologia pela Emory University (1989). Nas interfaces entre antropologia e teatro, procura explorar reconfigurações do campo da antropologia suscitadas pela obra de Walter Benjamin. Desenvolve pesquisas em antropologia da performance, antropologia da experiência, e antropologia benjaminiana.

Downloads

Publicado

2000-01-01

Edição

Seção

Artigos