O documentário é um esporte de combate - e de turismo

Autores

  • Carmen Rial Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo

Há 13 anos, sempre em agosto, os moradores de Lussas, um pequeno vilarejo em meio às montanhas da Ardeche, no sudeste da França, vêem desembarcar ali centenas de estranhas figuras com mochilas ao invés de bolsas, cabelos com cortes e cores diversos, de diferentes gerações e com um ar nervoso de quem tem um metrô a pegar no instante seguinte.

Biografia do Autor

Carmen Rial, Universidade Federal de Santa Catarina

Jornalista e antropóloga tem mestrados em Antroplogia pela Université de Paris V Sorbonne (1985) e pela UFRGS (1988), e doutorado em Antropologie et Sociologie pela Université de Paris V (1992). Professora do departamento de Antropologia da UFSC (1982), atua no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social e no Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas, os quais coordenou. Professora-visitante na UNB (2003), na UFRGS (2004), na Universidad de La República (2005) e no ISCTE (2009). Pesquisadora visitante na Universidad de Cádiz (2004/2005), na Universidad Complutense de Madrid (2008), Visiting Scholar na Berkeley University (2009). Pós-doutorados na EHESS (1996-1998), na Universite de Toulouse (2008), e no LAS do College de France (2009). Foi da diretoria da Associação Brasileira de Antropologia (2002-2004), e integrante do seu Conselho Diretivo (2006-2009). Participou da criação das revistas Ilha, Vibrant e da Revistaria do CFH. Orientou 19 monografias de conclusão de curso de graduação, 16 dissertações de mestrado, 15 teses de doutorado (sendo 4 co-orientações). Tem publicações na área de Antropologia Urbana, principalmente nos seguintes temas: antropologia visual, antropologia da alimentação, globalização cultural, estudos de mídia e antropologia do esporte. Recebeu o premio Pierre Verger de Contribuição à História da Antropologia, por "Mauss, segundo suas alunas" (2002), bolsa de Pesquisa Faculty Enrichment do Governo do Canadá (2007). Coordena o Núcleo de Antropologia Audiovisual e Estudos da Imagem (Navi) e o Grupo de Antropologia Urbana e Marítima, e integra o Instituto de Estudos de Gênero (IEG).

Downloads

Publicado

2001-01-01

Edição

Seção

Resenhas