Nawa, Inawa

Autores

  • Oscar Calavia Saez UFSC

Resumo

O termo nawa, designação de diversas modalidades de alteridade, e denominador comum de uma longa série de grupos de língua Pano, reúne um denso conjunto de sentidos sociológicos e cosmológicos que fazem dele uma via estratégica de acesso à diversidade de configurações dos povos Pano. A variante Yaminawa, aqui focalizada, vira ao avesso essa alteridade,  propondo a partir dela uma sociedade “de irmãos”, dividida em grupos designados por uma pluralidade de etnônimos “nawa”. A  chave dessa variante são os mitos Yaminawa protagonizados pela onça, Inawa – uma onça peculiar, humana, social e consangüínea.

Biografia do Autor

Oscar Calavia Saez, UFSC

Possui graduação em Geografía e Historia pela Universidad Complutense de Madrid (1986) , mestrado em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (1991) , doutorado em Ciência Social (Antropologia Social) pela Universidade de São Paulo (1995) e pós-doutorado pela Centre National de la Recherche Scientifique (2003) . Atualmente é PROFESSOR ADJUNTO da Universidade Federal de Santa Catarina, da Universidad Complutense de Madrid, Chercheur Associé da Centre National de la Recherche Scientifique e da Societe Des Americanistes. Tem experiência na área de Antropologia , com ênfase em Etnologia Indígena. Atuando principalmente nos seguintes temas: Etnohistoria, Pano, Yaminawa.

Downloads

Publicado

2002-01-01

Como Citar

SAEZ, Oscar Calavia. Nawa, Inawa. Ilha Revista de Antropologia, Florianópolis, v. 4, n. 1, p. 035–057, 2002. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ilha/article/view/15030. Acesso em: 14 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos