A produção antropológica sobre a articulação saúde, religião e corpo: conquistas, ressalvas e perspectivas

Autores

  • Armelle Giglio-Jacquemot Univerisité Charles De Gaulle, Lille III

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

religião, biomedicina, saúde, antropologia médica, antropologia religiosa, crença, naturalismo médico, comportamentos terapêuticos, culturas religiosas

Resumo

O presente trabalho visa a discutir as contribuições à reflexão antropológica dos trabalhos que inscrevem seu objeto na articulação “saúde, religião e corpo”. Considera que esses trabalhos levaram a interrogar a pertinência científica do recorte espontâneo, que postula a separação dos objetos da antropologia da saúde e da antropologia religiosa, conquista importante que deve ser, entretanto, nuançada pela constatação da adoção, sem distanciamento crítico até hoje, na leitura das sociedades estudadas por antropólogos, de dicotomias expressivas da separação que faz o conhecimento médico moderno entre o “médico” e o “religioso”. Termina apontando para um campo de estudos que desenha perspectivas fecundas para o futuro: o de pesquisas voltadas para a dimensão religiosa de universos e situações terapêuticos que se apresentam e são vividos dentro de nossas sociedades como indiscutivelmente médicos e não religiosos.

Biografia do Autor

Armelle Giglio-Jacquemot, Univerisité Charles De Gaulle, Lille III

possui graduação em Anthropologie pela Université D'aix Marseille I (1988), especialização em Etudes Approfondies D E A En Anthropologie pela Université D'aix Marseille I (1989) , mestrado em Magistère En Sciences Sociales Appliquées Aux Mond pela Université D'aix Marseille I (1987) , doutorado em Anthropologie pela Université D'aix Marseille I (1997) e pos-doutorado pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1998) . Atualmente é Outro (Contrato Indeterminado) da Université Charles de Gaulle. Atuando principalmente nos seguintes temas: maladie et religion.

Downloads

Publicado

2005-01-01

Edição

Seção

NÚMERO 2: Seção Temática Saúde, Religião e Corpo