O Espirito da Performance

Autores

  • Vânia Zikán Cardoso UFSC

Resumo

Nas macumbas cariocas circu1am imúmeras estórias sobre os chamados espíritos de preto-velhos. Tais estórias são contadas não só por clientes e filhos-de-santo, mas também pelos próprios espíritos. Neste narrar disperso e co1etivo a diferenca entre sujeitos e objetos torna-se enigmática. Aqui me volto para a poetica destas performances narrativas - marcadas pe1a intertextualidade e por rmúltiplas temporalidades,onde histórias da vida, orações, narrativas morais, narrativas históricas e estórias emotivas se entremeiam - buscando compreender seu pape1 tanto em dar aos espíritos seu estatuto cu1turalmente reconhecido como sujeito, como em marcar esse estatuto como peculiar e distinto daque1e dos outros sujeitos sociais.

Biografia do Autor

Vânia Zikán Cardoso, UFSC

Professora do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da UFSC e do Departamento de Antropologia do CFH-UFSC. É Mestre e Doutora em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação am Antropologia da University of Texas at Austin (2004). Realizou Pós-Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Antropologia e Sociologia do IFCS-UFRJ (2005-2006). Atua nas áreas de pesquisa sobre narrativas, etnografia, religiosidades, performance, subjetividade e cultura afro-brasileira. É uma das coordenadoras do GESTO - Grupo de Estudos em Oralidade e Performance (UFSC/CNPq).

Downloads

Publicado

2007-01-01

Como Citar

CARDOSO, Vânia Zikán. O Espirito da Performance. Ilha Revista de Antropologia, Florianópolis, v. 9, n. 1, 2, p. 197–213, 2007. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ilha/article/view/16416. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

NÚMERO 2: Artigos