O Anfltrião e os Adventícios. O Centro e a Periferia: breve contrifbuição à etnografia do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal de Santa Catarina

Autores

  • Rafael José de Menezes Bastos UFSC

Resumo

Breve contribuição à:

ettnografia do PPGAS/UFSC, enfocando seus alumos cerca de vinte anos, De comeco ela reflete sobre as perspectivas te6ricas das abordagens da etnografia da ciencia, da petite histoire e daquela - menos brilhante, mais contumaz-tornada posstvel pela analise antropol6gica do tipo de escrita e ala à qual os antropologos no Brasil se dedicam quando em posição institucional-administrativa. Optando pela ultima abordagem, o foco da narrativa esta em dois sistemas de eleições vigentes nos últimos cerca de vinte anos: aquele que abarca Silvio Coelho dos Santos,o grande anfitrião, e os adventícios, demais integrantes do corpo docente do Programa; e aquele que envolve este Programa e os demais similares, integrantes da pós-graduação em antropologia no Brasil. No primeiro caso, explora-se a idéia de hist6ria enquanto narrativa à qual se adere. No segundo, a enfase esta na consideração sobre as hierarquias vigentes entre os programas de pós-graduação em antropologia no país.

Downloads

Publicado

2007-01-01

Como Citar

BASTOS, Rafael José de Menezes. O Anfltrião e os Adventícios. O Centro e a Periferia: breve contrifbuição à etnografia do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal de Santa Catarina. Ilha Revista de Antropologia, Florianópolis, v. 9, n. 1, 2, p. 281–295, 2007. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ilha/article/view/16417. Acesso em: 21 jun. 2024.

Edição

Seção

NÚMERO 2: Artigos