Orientação e parceria intelectual: dilemas e perspectivas

Gilberto Velho

Resumo


A relação orientador e orientando apresenta unia natureza hierárquica e busca o estabelecimento de um diálogo e parceria para a produção de conhecimento. É constituída por um inevitável grau de tensão desde que se baseia em uma desigualdade  de princípio longe de estar imune a disputas e conflitos. As afinidades entre orientador e orientando podem ser de diferentes tipos. Os interesses comuns por um objeto de investigação e a aproximação teórico-metodológico são, em grande parte, as motivações principais para a parceria, mas podem não ser suficientes em função de diferenças de atitudes e estilos pessoais. Também não é simples dosar e combinar a autoridade e as razões acadêmicas com a dimensão emocional em que afetividade, simpatias e antipatias costumam ter uma influência fundamental. Há outras variáveis que podem se tornar decisivas, ligadas à solidariedade, disciplina, pontualidade, além da confiabilidade recíproca essencial para o bom andamento de qualquer relação.

Palavras-chave


Hierarquia; Parceria; Dilemas e Conflito

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Ilha R. Antr., Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC,  Florianópolis, SC, Brasil, ISSNe 2175-8034