"Entre a Antropologia e a Educação" - a produção de um diálogo imprescindível e de um conhecimento híbrido

Autores

  • Tania Dauster Universidade Federal do Rio de Janeiro

Resumo

O texto discute a migração da Antropologia para o campo da educação. Sugere que não se trata de transformar o profissional da educação em antropólogo. Contudo o desafio reside na apropriação de outras relações e posturas na interpretação de fenômenos tidos como de socialização ou de Educação. Isto implica em outras formas de problematizar e de construir o objeto de pesquisa de doutorado e mestrado.

Biografia do Autor

Tania Dauster, Universidade Federal do Rio de Janeiro

"Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1969), mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1975) e doutorado em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - Museu Nacional (1987). Atualmente é professor emérito da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e professor associado da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Antropoligia da Educação, com ênfase em Fundamentos da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: antropologia, leitura, escrita, educação e oralidade.
"

Downloads

Publicado

2004-01-01

Como Citar

DAUSTER, Tania. "Entre a Antropologia e a Educação" - a produção de um diálogo imprescindível e de um conhecimento híbrido. Ilha Revista de Antropologia, Florianópolis, v. 6, n. 1, 2, p. 197–207, 2004. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ilha/article/view/16610. Acesso em: 21 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Orientação