A educação escolar indígena no contexto da antropologia brasileira

Autores

  • Antonella Maria Imperatriz Tassinari UFSC

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8034.2008v10n1p217

Resumo

Este trabalho pretende analisar o historico das politicas educativas voltadas para indigenas no seculo XX em relação a historia das pesquisas antropologicas na area de etnologia indigena destacando os poucos trabalhos que se dedicalam ao tema da educação mdigena em especial a sua educação escolarcomo a contribuição pioneira de Silvio Coelho dos Santos São analisados três momentos modelares do seculo XX não por reunirem caracteristicas definidoras de um periodo mas por servirem como divisores de aguas por marcarem rupturas entre momentos anteriores e subsequentes a decada de 1930 e o modelo do SPI a decada de 1960 e o modelo da FUNAI e a decada de 1990 e as transformaçoes decorrentes da Constituição Federal de 1988 Tratam se de tres fases importantes no processo de institucionalização da Antropologia no Brasil e que tambem marcam rupturas nos modelos de políticas educacionais voltadas para indigenas no Brasil.

Downloads

Publicado

2008-08-16

Como Citar

TASSINARI, Antonella Maria Imperatriz. A educação escolar indígena no contexto da antropologia brasileira. Ilha Revista de Antropologia, Florianópolis, v. 10, n. 1, p. 217–244, 2008. DOI: 10.5007/2175-8034.2008v10n1p217. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ilha/article/view/2175-8034.2008v10n1p217. Acesso em: 20 abr. 2024.

Edição

Seção

Ética e Interculturalidade