Da casa da palavra ao olho da rua: a crônica como uma narrativa urbana

Autores

  • Jeana Laura da Cunha Santos

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8034.2012v14n1-2p37

Resumo

No presente artigo, a autora se propõe a trazer a trazer à tona um instante pioneiro de passagem do espaço privado para o público mediado pela perspectiva de alguns dos nossos primeiros jornalistas como Machado de Assis e Olavo Bilac. Tais autores transpuseram o espaço hermético do livro, a “casa da palavra”, para se consagrarem no “olho da rua”, representado pela literatura urbana do jornal. Nesta travessia, surge a crônica, gênero de passagem que retrata tipos, fatos, modas, costumes, espaços urbanos no Rio de Janeiro da virada do século XIX para o XX, cidade essa que abarca parte importante do imaginário nacional e que inauguraria um ethos presente até os dias atuais.

Downloads

Publicado

2012-12-29

Como Citar

SANTOS, Jeana Laura da Cunha. Da casa da palavra ao olho da rua: a crônica como uma narrativa urbana. Ilha Revista de Antropologia, Florianópolis, v. 14, n. 1,2, p. 037–055, 2012. DOI: 10.5007/2175-8034.2012v14n1-2p37. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ilha/article/view/2175-8034.2012v14n1-2p37. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiês