Efeito marco. As mediações do patrimônio e a competência antropológica

Autores

  • Vincenzo Padiglione

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8034.2012v14n1-2p57

Resumo

O artigo problematiza a noção de mediação do patrimônio à luz de uma virada de caráter reflexivo que está transformando a antropologia e a museologia. Na primeira parte, são apresentadas e interpretadas três concepções de patrimônio cultural (meta-histórica, disciplinar, hermenêutica), como elas são identificadas nas representações e práticas dos diferentes atores. A segunda parte propõe critérios específicos para o conceito de mediação dentro da Nova Museologia (dupla descrição, cortesia cósmica, o reconhecimento da mediação), que são valorizados na perspectiva etnográfica e na museologia colaborativa.

Downloads

Publicado

2012-12-28

Como Citar

PADIGLIONE, Vincenzo. Efeito marco. As mediações do patrimônio e a competência antropológica. Ilha Revista de Antropologia, Florianópolis, v. 14, n. 1,2, p. 057–081, 2012. DOI: 10.5007/2175-8034.2012v14n1-2p57. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ilha/article/view/2175-8034.2012v14n1-2p57. Acesso em: 23 abr. 2024.

Edição

Seção

Dossiês