A Etnografia como Promessa e o “Efeito Latour” no Campo da Cibercultura

Autores

  • Jean Segata Universidade Federal do Rio Grande do Norte, RN, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8034.2014v16n2p69

Resumo

O objetivo geral deste trabalho é o de narrar algumas controvérsias entre a comunicação e a antropologia em torno do uso da etnografia e da Teoria Ator-Rede no campo da cibercultura. Nisso, se inclui uma problematização da aproximação dessas disciplinas a partir de alguns interesses desencontrados, os processos de convencimento do uso da etnografia em espaços –on-line, a crítica inicial à proposição da etnografia como método e uma revisão do conceito de rede utilizado em ambas as disciplinas. Em muito, isso celebra uma década e meia do Grupo de Pesquisas em Ciberantropologia (GrupCiber), do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal de Santa Catarina, e, assim, de alguma forma, configura-se como um momento de autocrítica e de aceno para novos rumos do grupo.

Downloads

Publicado

2014-12-15

Como Citar

SEGATA, Jean. A Etnografia como Promessa e o “Efeito Latour” no Campo da Cibercultura. Ilha Revista de Antropologia, Florianópolis, v. 16, n. 2, p. 069–087, 2014. DOI: 10.5007/2175-8034.2014v16n2p69. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ilha/article/view/2175-8034.2014v16n2p69. Acesso em: 25 jun. 2024.

Edição

Seção

NÚMERO 2: Artigos