DESCOLA, Philippe. La composition des mondes: entretiens avec Pierre Charbonnier. Paris: Flammarion, 2014. 381 p.

Autores

  • Jean Segata Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8034.2015v17n2p149

Palavras-chave:

philippe descola, la composition des mondes, Pesquisas

Resumo

Philippe Descola tem sido apontado como um dos mais importantes antropólogos dos últimos anos. De suas pesquisas resultou o aparecimento de diversos trabalhos que se dispõem à discussão, à evidência ou à apresentação de sua obra. Esse é o caso de La composition des mondes, fruto de entrevistas com o jovem filósofo Pierre Charbonnier, chargé de recherche no Institut Marcel Mauss da École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS). Charbonnier tem se dedicado ao estudo das noções de natureza, ecologia e ambiente na antropologia, o que faz da obra de Philippe Descola uma de suas interlocuções privilegiadas, como aquela que acontece em seu outro recente trabalho, intitulado La fin d’un grand partage: nature et société, de Durkheim à Descola (publicado em 2015, pela CNRS Édition – Paris).

Biografia do Autor

Jean Segata, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Professor do Departamento de Antropologia e do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Possui mestrado e doutorado em Antropologia Social pela UFSC onde também realizou pós-doutorado. Tem experiência na área Antropologia Urbana e Teoria Antropológica, atuando principalmente nos seguintes temas/campos: redes sociotécnicas; ciência, tecnologia e sociedade; cibercultura; natureza e cultura; relações homem-animal em meios urbanos.

Downloads

Publicado

2015-12-27

Edição

Seção

NÚMERO 2: Resenhas