Uma trajetória transdisciplinar: nota biobibliográfica

Autores

  • Evandro Oliveira de Brito Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO), Paraná, Brasil
  • Ilka Boaventura Leite Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil
  • Luiza Brandes de Azevedo Ferreira Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8034.2016v18n1p269

Palavras-chave:

Guerreiro Ramos, Biobibliografia

Resumo

Esta nota biobibliográfica pretende ser uma síntese da trajetória de guerreiro Ramos, suas obras, pretende ainda trazer um pouco dos desdobramentos ocorridos a partir da influência desse importante pensador brasileiro na produção acadêmica atual. Para tanto, optou-se por abordar esta nota a partir de três eixos. No primeiro, são abordados os aspectos biográficos, trazendo de forma resumida acontecimentos significativos de sua história de vida a partir de uma linha temporal cronológica. Em seguida, faz-se um apanhado sobre a produção acadêmica de artigos, dissertações e teses, dos últimos anos, que fazem referência a Guerreiro Ramos, de maneira a trazer elementos para se pensar os desdobramentos de suas obras na atualidade. Por último, apresenta-se um levantamento dos principais  livros escritos pelo autor, sobretudo tomando como parâmetro a primeira edição de cada obra.

Biografia do Autor

Evandro Oliveira de Brito, Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO), Paraná, Brasil

Evandro O. Brito é Professor Adjunto na Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO), doutor e mestre em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, graduado em Filosofia e Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina. Como pesquisador, investiga o desenvolvimento da ética nas obras de Franz Brentano e está vinculado aos seguintes grupos de pesquisa: Ética Política e Cidadania (UNICENTRO); Origens da filosofia contemporânea (PUC-SP), Filosofia, arte e educação (UFSC).

Ilka Boaventura Leite, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil

Professora do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal de Santa Catarina. Fundadora e coordenadora do NUER (Núcleo de Estudos de Identidades e Relações Interétnicas). É filiada à Associação Brasileira de Antropologia e é Pesquisadora do CNPq desde 1986. Tem formação em História (UFMG, 1980) e Antropologia (USP,1986). Concluiu estágios de pós-doutorado na Universidade de Chicago (1997), na Universidade Nova de Lisboa (2007) e na Universidade de Buenos Aires (2014/15). Seus principais livros são:"Antropologia da Viagem" (Ed UFMG, 1996) , "Negros no Sul do Brasil: invisibilidade e territorialidade" (Ed Letras Contemporâneas, 1996 coletânea), O Legado do Testamento: a Comunidade de Casca em perícia" (Ed. UFRGS,2004), Laudos Periciais Antropológicos (ABA/NUER, 2006 coletânea) e "Quilombos no Sul do Brasil: perícias antropológicas"( NUER, 2006, coletânea). Suas pesquisas situam-se nas áreas de teoria da literatura de viagem, etnologia afro-brasileira, arte e etnicidade, diásporas africanas e direitos territoriais. Tem publicado artigos sobre narrativas de viagens, cultura e identidade negra no Brasil, quilombos e comunidades quilombolas, direitos étnicos, perícias antropológicas, pensamento afro-social e arte afro-contemporânea.

Luiza Brandes de Azevedo Ferreira, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil

Graduanda em Ciências Sociais, pela Universidade Federal de Santa Catarina, atuou como Tutora-EaD, pela FAPEU, em 2013. Foi bolsista de projeto de extensão voltado empoderamento de mulheres em Florianópolis, patrocinado pela Petrobras e executado pela FEPESE, entre 2014 e 2016. Atualmente é pesquisadora voluntária do NECIP - Núcleo de Estudos em Comportamento e Instituições Públicas. Pesquisa sobre o recrutamento de mulheres pelos partidos políticos brasileiros para a Câmara dos Deputados. Tem interesse em estudos sobre instituições e práticas políticas; regimes políticos e formas de governo; partidos políticos; comportamento político; relações Executivo-Legislativo.

Downloads

Publicado

2016-10-19

Edição

Seção

Ensaio Bibliográfico