Apólogo das amebas

Juliana P. Lima Caruso, Tiago Hyra Rodrigues, Beatriz Perrone Moisés

Resumo


A versão original do texto a seguir faz parte de uma coletânea de textos dedicados a
Françoise Héritier. Nesse breve apólogo, Lévi-Strauss retoma, em diálogo com grandes
pensadores das humanidades e o saber da biologia, a grande questão da natureza do social –
do lugar da sociabilidade. Trata-se aí de troca, de origens da linguagem, de relações entre
humanos e grandes símios, de células e transmissores químicos. A consideração atenta da vida
das amebas enseja reflexões sobre cooperação e conflito, em conversa com a sociologia
durkheimiana e a tradição filosófica; uma pérola de maturidade, que desafia barreiras
disciplinares e pressupostos instalados, movendo a repensar grandes questões fundadoras.


Palavras-chave


Lévi-Strauss; Relações sociais; Formas de vida; Guerra; Aliança

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8034.2018v20n2p207

Ilha R. Antr., Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC,  Florianópolis, SC, Brasil, ISSNe 2175-8034