Resgate o Passado, Ative o Turismo – Reflexões sobre Gestão Patrimonial

Marcela Brac

Resumo


Neste artigo pretende-se refletir sobre o processo de patrimonialização de memórias em relações às iniciativas de turismo impulsionadas por políticas públicas. Para tais fins, examina-se a relação entre o poder político provincial e a sociedade civil em torno da valorização e do consumo do passado. No âmbito das políticas públicas que incentivam a ativação econômica para fins econômicos, analise-se a conformação do museu comunitário Villa Guillermina, como recurso estratégico para a gestão local e, ao mesmo tempo, uma instituição que contribui para a estruturação de memórias coletivas que tornam visíveis certos grupos sociais, e invisibilizam outros.

Palavras-chave


Memórias; Poderes Públicos; Museu; Patrimônio; Turismo

Texto completo:

PDF/A (Español (España))


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8034.2018v20n2p85

Ilha R. Antr., Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC,  Florianópolis, SC, Brasil, ISSNe 2175-8034