Por uma retórica do extraordinário: loucura, cultura e experiência

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8034.2020v22n1p234

Palavras-chave:

Saúde mental, Loucura, Cultura, Experiência

Resumo

Extraordinary conditions: Culture and Experience in Mental Illness” é um livro dedicado a reflexão sobre cultura e experiência da doença. O livro é composto por um conjunto de artigos da antropóloga Janis H. Jenkins, professora na Universidade da Califórnia, San Diego (UCSD), que resultam de uma longa trajetória dedicada a pesquisa sobre saúde mental a partir da antropologia. O livro é dividido em duas partes, “Psychosis, psychopharmacology, and families” e “Violence, trauma, and depression”, cada uma contendo três artigos, escritos em diferentes momentos da trajetória da autora.

Biografia do Autor

Fernando José Ciello, Universidade Federal de Roraima

Doutor em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina (2019), Mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal do Paraná (2013) e Licenciado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2019). Realizou parte de seu doutoramento no Departamento de Antropologia da Universidade da Califórnia, San Diego, e também foi pesquisador visitante no Center for Global Mental Health da mesma universidade. Tem experiência em Antropologia, com interesse principalmente em antropologia da saúde, teoria antropológica e antropologia do contemporâneo. Tem atuado com os temas da saúde mental, instituições de saúde, espiritualidade, terapias alternativas, diagnóstico, saúde indígena, narrativa. Atualmente é Professor Adjunto A na Universidade Federal de Roraima (UFRR), atuando no curso de Licenciatura Intercultural do Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena e no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social. Também é pesquisador associado do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Brasil Plural (INCT/IBP) e afiliado do Center for Global Mental Health (UC San Diego). Participa, como pesquisador, no Núcleo de Estudos sobre Saúde e Saberes Indígenas (NESS/UFSC) e no Grupo de Pesquisa Etnografias Contemporâneas: Memória, Identidades e Urbanidades (UFRR)

Referências

JENKINS, Janis H. Extraordinary conditions: culture and experience in mental illness. Oakland, CA: University of California Press, 2015.

AMARESHA, Anekal C.; VENKATASUBRAMANIAN, Ganesa. Expressed emotion in schizophrenia: an overview. Indian Journal of Psychological Medicine, [S.l.], v. 34, n. 1, p. 12-20, 2012. DOI:10.4103/0253-7176.96149.

JENKINS, Janis H. Extraordinary conditions: culture and experience in mental illness. Oakland, CA: University of California Press, 2015.

SANTOS, José Carlos; BRAZ SARAIVA, Carlos; SOUZA, Liliana de. Emoção Expressa: Caracterização, Estabilidade e Importância no Para-suicídio Recorrente. Revista de Enfermagem, Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, [S.l.], v. II, n. 1, p. 39-51, dez. 2005.

WEARDEN, Alison J. et al. A review of expressed emotion research in health care. Clinical Psychology Revier, Elsevier, v. 20, p. 633-666, ago. 2000. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0272735899000082?via%3Dihub. Acesso em: 30 jan. 2020.

ZANETTI, Ana Carolina Guidorizzi et al. Expressed emotion of family members and psychiatric relapses of patients with a diagnosis of schizophrenia. Rev. Esc. Enferm. USP, São Paulo, v. 52, e03330, 2018.nE-pub May 24, 2018. http://dx.doi.org/10.1590/s1980-220x2016042703330. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342018000100416&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 30 jan. 2020.

Downloads

Publicado

2020-07-01

Edição

Seção

Resenhas