Apresentação/Presentation

Autores

  • Oscar Calavia Sáez Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil
  • Douglas Ferreira Gadelha Campelo Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil

Resumo

O conjunto de textos que compõe este dossiê é fruto de um trabalho que envolveu antropólogos de diferentes universidades brasileiras e começou com o seminário Nomes, pronomes e categorias, realizado entre os dias 10 e 11 de abril de 2014 na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O seminário contou com a presença de vários dos autores que apresentam contribuições no presente dossiê, além de Denise Fajardo e Douglas Ferreira Gadelha Campelo, que infelizmente não puderam produzir textos para esta publicação. A participação de José Antônio Kelly como debatedor foi extremamente valorosa e somos profundamente gratos pelos seus comentários e contribuições. Seus textos procuram lançar um olhar mais detido acerca da natureza dos etnônimos entre os povos indígenas das Terras Baixas da América do Sul (TBAS).

Biografia do Autor

Oscar Calavia Sáez, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil

Doutorado em Ciência Social (Antropologia Social) pela Universidade de São Paulo, Brasil(1995) PROFESSOR ADJUNTO da Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil

Douglas Ferreira Gadelha Campelo, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil

Mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal de Minas Gerais e Bacharel em Música pela mesma instituição. Tem experiência na área de Antropologia e Musicologia atuando principalmente nos seguintes temas: etnologia, parentesco, mitologia, música e ritual com foco nos povos indígenas das Terras Baixas da América do Sul.

Downloads

Publicado

2016-12-24

Edição

Seção

DOSSIÊ: A serpente do corpo cheio de nomes: Etnonimia na Amazônia.