“Ciência é luta”: devolução das pesquisas sobre o vírus zika em Recife - PE

What families affected by the epidemic expected of the research on the Zika virus?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8034.2022.e84126

Palavras-chave:

Devolução de dados, Epidemia do zika vírus, Recife, Antropologia da Ciência

Resumo

Durante uma pesquisa antropológica sobre as consequências epidemiológicas do Vírus Zika no Recife – PE entre 2016 e 2019, um dos assuntos recorrentes foi a participação das crianças e de suas famílias em projetos científicos e midiáticos sobre esse vírus. Apesar de terem aceitado os convites de dezenas de pesquisadores e jornalistas, foi raro receberem resultados de volta. O artigo começa com um balanço bibliográfico sobre o tema da devolução de dados numa literatura antropológica contemporânea. Em seguida, descreve a ausência de resultados e o sumiço dos pesquisadores a partir da perspectiva das interlocutoras, das mães e de suas crianças atingidas pela epidemia na região recifense. Por fim, pondera como essa perspectiva tem o potencial de rever cânones científicos e de considerar a etapa do “pós-estudo”, que contribui para adensar uma Antropologia da Ciência.

Biografia do Autor

Soraya Resende Fleischer, Departamento de Antropologia, Universidade de Brasília

Referências

ABALOS JR., José Luís; RAPKIEWICZ, Yuri Schonardie. Práticas de colecionamento e restituição: notas para um colecionismo ético. Ponto Urbe, [s.l.], v. 25, p. 1-16, 2019.

ALLEBRANDT, Débora; FREITAS, Camilla. Em busca da cegonha: “tentantes”, “instamigas” e possíveis ativismos em redes sociais. Cadernos Pagu, [s.l.], v. 59, p. e205909, 2021.

ANDRADE, Maiza Ferreira de; MORAES, Luiz Roberto Santos. Contaminação por chumbo em Santo Amaro desafia décadas de pesquisas e a morosidade do poder público. Ambiente & Sociedade, [s.l.], v. XVI, n. 2, p. 63-80, 2013.

ATTANE, Anne; LANGEWIESCHE, Katrin. Reflexões metodológicas sobre os usos da fotografia na antropologia. Cadernos de Antropologia e Imagem, [s.l.], v. 21, n. 2, p. 133-151, 2005.

BRASIL. Boletim Epidemiológico, Brasília, DF, Secretaria de Vigilância Sanitária, Ministério da Saúde, v. 51, n. 7, novembro, 2020.

COHEN, Lawrence. Operability, Bioavailability, and Exception. In: ONG, Aihwa; COLLIER, Stephen J. (org). Global Assemblages: Technology, Politics, and Ethics as Anthropological Problems. Malden, MA: Blackwell Publishers 2005. p. 79-90.

ELIAS, Alexsânder Nakaóka. Devolver a imagem: a fotografia como ato etnográfico. Mundaú, [s.l.], v. 3, p. 106-121, 2017.

ESTEVES, Leonardo Leal. A participação dos antropólogos nos inventários de registro do patrimônio imaterial: notas sobre os desafios éticos e metodológicos no campo. In: 29a REUNIÃO BRASILEIRA DE ANTROPOLOGIA, Natal, RN, 3-6, agosto de 2014. Anais [...]. Natal, RN, 2014.

FERREIRA, Jaqueline. Restituição dos dados na pesquisa etnográfica em saúde: questões para o debate a partir de experiências de pesquisas no Brasil e França. Ciência & Saúde Coletiva, [s.l.], v. 20, n. 9, p. 2.641-2.648, 2015.

FLEISCHER, Soraya. Introdução. In: FLEISCHER, Soraya; LIMA, Flávia (org.). Micro: contribuições da Antropologia. Brasília, DF: Athalaia, 2020a. p. 17-37.

FLEISCHER, Soraya. Circulação de esperança em tempos de Síndrome Congênita do Vírus Zika no Recife – PE. In: ALLEBRANDT, Debora; MEINERZ, Nádia; NASCIMENTO, Pedro. (org.). Desigualdades e Políticas da Ciência. Florianópolis: Casa Verde, 2020b. p. 325-362.

FLEISCHER, Soraya. Dando o sangue: ciência em tempos de Zika. In: III REUNIÃO DE ANTROPOLOGIA DA SAÚDE. Natal, UFRN, setembro de 2019. Anais [...]. Natal, RN, 2019.

FLEISCHER, Soraya. Segurar, caminhar e falar: notas etnográficas sobre a experiência de uma “mãe de micro” no Recife/PE. Cadernos de Gênero e Diversidade, [s.l.], v. 3, n. 2, p. 93-112, 2017.

FLEISCHER, Soraya. Autoria, subjetividade e poder: devolução de dados em um centro de saúde na Guariroba (Ceilândia – DF). Ciência & Saúde Coletiva, [s.l.], v. 20, n. 9, p. 2.649- 2.658, 2015.

FLEISCHER, Soraya; LIMA, Flávia (org.). Micro: contribuições da Antropologia. Brasília, DF: Athalaia, 2020.

GAMA, Fabiene. “Etnografias, auto-representações, discursos e imagens: somando representações”. In: GONÇALVES, Marco Antônio; HEAD, Scott. (org.). Devires imagéticos: representações/apresentações de si e do outro. Rio de Janeiro: 7letras, 2009. p. 92-114.

GUÉRIOS, Paulo Renato. Pesquisa participativa e julgamento dos interlocutores: uma reflexão a partir de pesquisas em antropologia visual. Ilha – Revista de Antropologia, Florianópolis, v. 17, n. 1, p. 117-141, 2015.

HEILBORN, Maria Luiza. Antropologia e saúde: Considerações éticas e conciliação multidisciplinar. In: VÍCTORA, Ceres et al. (org.). Antropologia e Ética: o debate atual no Brasil. Niterói: EdUFF, 2004. p. 57-64.

KNAUTH, Daniela Riva; MEINERZ, Nádia Elisa. Reflexões acerca da devolução dos dados na pesquisa antropológica sobre saúde. Ciência & Saúde Coletiva, [s.l.], v. 20, n. 9, p. 2.659- 2.666, 2015.

LATOUR, Bruno; WOOLGAR, Steve. A vida de laboratório: a construção dos fatos científicos. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1997.

LUSTOSA, Raquel. Eu me senti uma universitária vindo para cá. In: MARQUES, Barbara et al. (org.). Micro-histórias para pensar macropolíticas. São Carlos: Áporo, 2021. p. 153-157.

MALUF, Sônia Weidner; ANDRADE, Ana Paula Müller de. Entre políticas públicas e experiências sociais: impactos da pesquisa etnográfica no campo da saúde mental e suas múltiplas devoluções. Saúde e Sociedade, [s.l.], v. 26, n. 1, p. 171-182, 2017.

MARQUES, Barbara et al. (org.). Micro-histórias para pensar macropolíticas. São Carlos: Áporo, 2021.

MATOS, Silvana; SILVA, Ana Claudia Rodrigues da. “Nada sobre nós sem nós”: associativismo, deficiência e pesquisa científica na Síndrome Congênita do Zika vírus. Ilha – Revista de Antropologia, Florianópolis, v. 22, n. 2, p. 132-167, 2020.

MATOS, Silvana; QUADROS, Marion Teodósio; SILVA, Ana Claudia Rodrigues da.

A negociação do acesso ao Benefício de Prestação Continuada por crianças com Síndrome Congênita do Zika Vírus em Pernambuco. Anuário Antropológico, [s.l.], v. 44, n. 2, p. 229- 260, 2019.

MOTTA, Flávia de Mattos. Maternidade, contracepção e aborto: ética e política na pesquisa feminista. In: 29a REUNIÃO BRASILEIRA DE ANTROPOLOGIA, 3-6, agosto de 2014, Natal, RN. Anais [...]. Natal, RN, 2014.

PALETTA, Gabriela Cabral; NUCCI, Marina Fisher; MANICA, Daniela Tonelli. Aplicativos de monitoramento do ciclo menstrual e da gravidez: corpo, gênero, saúde e tecnologias da informação. Cadernos Pagu, [s.l.], n. 59, e205908, 2020.

PINHEIRO, Patrícia dos Santos et al. Na Colônia: imagens, saberes e sabores partilhados. Iluminuras, [s.l.], v. 16, n. 40, p. 11-44, 2015.

RIAL, Carmen Silvia de Moraes. Roubar a alma: ou as dificuldades da restituição. Tessituras, [s.l.], v. 2, n. 2, p. 201-212, 2014.

ROCHA, Ana Luiza Carvalho da; ECKERT, Cornelia. Etnografia com imagens: práticas de restituição. Tessituras, [s.l.], v. 2, n. 2, p. 11-43, 2014.

SCHUCH, Patrice. A vida social ativa da ética na Antropologia (e algumas notas do “campo” para o debate). In: SARTI, Cynthia; DIAS DUARTE, Luiz Fernando (org.). Antropologia e ética: desafios para a regulamentação. Brasília, DF: ABA, 2013. p. 30-85.

SCOTT, Russell Parry. Sendo prioridade entre prioridades: Fortalecimento mútuo e desentendimentos na articulação de cuidados entre casa, serviços e áreas de conhecimento. In: SCOTT, Parry; LIRA, Luciana; MATOS, Silvana (org.). Práticas sociais no epicentro da epidemia do Zika. Recife: EDUFPE, 2020. p. 23-47.

SCOTT, Parry; LIRA, Luciana; MATOS, Silvana (org.). Práticas sociais no epicentro da epidemia do Zika. Recife: EDUFPE, 2020.

SILVA, H. da et al. Zika vírus no Brasil: uma visão geral das políticas públicas de saúde. Revista Eletrônica Acervo Saúde, [s.l.], v. 12, n. 10, e4597, 2020.

TAUSSIG, Michael. The stories things tell and why they tell them. TAUSSIG, Michael. The Corn Wolf. Chicago e Londres: University of Chicago Press, 2015. p. 15-30.

Downloads

Publicado

2022-09-19

Edição

Seção

Artigos