Contribuição ao estudo das diatomáceas (Bacillariophyceae) da Foz do Rio Araranguá, Santa Catarina, Brasil

Norma B. de Araújo, Roseli Maria de Souza-Mosimann, Luciano Felício Fernandes

Resumo


Este trabalho é resultado de coletas em agosto de 1989, em quatro estações, na foz do Rio Araranguá, Santa Catarina. Foram observados 68 taxons específicos e infraespecíficos, distribuídos em 14 famílias, 38 gêneros, 67 espécies e 5 variedades. Os gêneros melhor representados foram: Navicula, Coscinodiscus e Biddulphia.

Palavras-chave


Diatomaceas estuarinas; Bacillariophyceae; Macrozoneamento Costeiro Brasil - 1988; parâmetros abióticos; Asterionella japonica.

Texto completo:

PDF/A


Insula - Universidade Federal de Santa Catarina - Departamento de Botânica - Centro de Ciências Biológicas - Campos Universitário - Trindade - CEP 88040-900 - Florianópolis - SC – Brasil.

ISSN print 0101-9554
ISSNe 2178-4574