Hamlet no cinema: as adaptações fílmicas de Laurence Olivier (1948) e Franco Zeffirelli (1990)

Autores

  • Rogério Tomaz Universidade Federal do Paraná FAE Centro Universitário

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7917.2011v16n2p69

Palavras-chave:

Dramaturgia, William Shakespeare, Hamlet, Cinema

Resumo

As inter-relações entre as artes traduzem-se numa discussão bastante recente. Um dos elementos que compõem esse quadro é a tradução intersemiótica que consiste na relação entre sistemas signícos. Este artigo propõe a análise da abordagem intersemiótica na adaptação da peça de teatro Hamlet, Príncipe da Dinamarca, de William Shakespeare para o cinema nos filmes de Laurence Olivier e Franco Zeffirelli.

Biografia do Autor

Rogério Tomaz, Universidade Federal do Paraná FAE Centro Universitário

Graduado em Letras, Português e Inglês, licenciatura, pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1998 - 2001).

Especialista em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira pela pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2005 - 2006).

Mestre em Estudos Literários pela Universidade Federal do Paraná - UFPR (2007-2011).

Downloads

Publicado

2011-10-17

Como Citar

TOMAZ, R. Hamlet no cinema: as adaptações fílmicas de Laurence Olivier (1948) e Franco Zeffirelli (1990). Anuário de Literatura, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 69-83, 2011. DOI: 10.5007/2175-7917.2011v16n2p69. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/literatura/article/view/2175-7917.2011v16n2p69. Acesso em: 26 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos