Van Gogh e o campo de trigo com corvos: da tela ao videoclipe

Autores

  • Maria Adélia Menegazzo Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Isabella Banducci Amizo Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7917.2015v20n2p84

Palavras-chave:

Estudos Interartes, Pintura, Literatura, Videoclipe, Vincent Van Gogh

Resumo

Há tempos sendo tema de reflexões e discussões entre pensadores, teóricos e artistas, a relação interartes se mantém e se renova nas manifestações artísticas contemporâneas. Hoje, o elo entre as artes e as discussões sobre o tema se estendem para outros campos, indo além da literatura e da pintura, e incluindo a fotografia, o cinema e, ainda, novas mídias, como a publicidade e o videoclipe. Este artigo apresenta uma reflexão sobre o elo entre diferentes formas de arte, o engendramento de uma obra de arte em outra, demonstrando mecanismos do exercício interartes, a partir da tela de Vincent Van Gogh, Campo de trigo com corvos. Propõe-se, então, uma análise sobre a maneira como o tema da pintura, as cores azul e amarelo, bem como os corvos, aparecem em outras manifestações artísticas, neste caso a poesia (À luz dos vegetais, de Contador Borges), o cinema (Sonhos, de Akira Kurosawa), a música e o videoclipe (Corvos sobre o campo, da banda Tantra). Como aporte teórico, são usados os conceitos de multimídia e mixmídia, de Claus Clüver, e descrição e translação pictural, de Liliane Louvel, assim como as discussões de Thiago Soares no que diz respeito a videoclipes.

Biografia do Autor

Maria Adélia Menegazzo, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Possui graduação em Letras (Português-Francês) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Campus de Araraquara (1978), mestrado em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás (1987) e doutorado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Campus de Assis (1996). Pós-doutorado no Grupo de Pesquisa em Arte e Fotografia do Departamento de Artes Plásticas da ECA/USP (2010). Professora aposentada da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Desenvolve atividades de pesquisa, docência e orientação no Programa de Mestrado em Estudos de Linguagens da UFMS e no Doutorado em Letras da UFMS, Campus de Três Lagoas. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária e Literatura Comparada, principalmente nos seguintes temas: poéticas contemporâneas, literatura brasileira, estudos interartes, crítica de arte.

Isabella Banducci Amizo, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Mestranda no Programa de Pós-Graduação - Mestrado em Estudos de Linguagens - UFMS. Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2005). Atua principalmente nas áreas de antropologia, arte e cultura, abordando os seguintes temas: identidade, patrimônio cultural imaterial, religiosidade popular. Membro do grupo Estudos literários e culturais: memória e contemporaneidade.

Downloads

Publicado

2015-09-18

Como Citar

MENEGAZZO, M. A.; AMIZO, I. B. Van Gogh e o campo de trigo com corvos: da tela ao videoclipe. Anuário de Literatura, [S. l.], v. 20, n. 2, p. 84-97, 2015. DOI: 10.5007/2175-7917.2015v20n2p84. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/literatura/article/view/2175-7917.2015v20n2p84. Acesso em: 24 nov. 2020.

Edição

Seção

Letras & Imagens: signos em rotação