Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Revista de Ciências Humanas?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

A Revista de Ciências Humanas publica textos originais nas seções:

 

- Artigos (Estudo teórico e Relato de pesquisa): 20 a 30 páginas - incluindo figuras, tabelas, imagens e referências

- Entrevistas: até 25 páginas

- Depoimentos: até 10 páginas

- Resenhas de livros: 3 a 5 páginas

 

Os manuscritos devem ser submetidos através da página da RCH no Portal de Periódicos da UFSC. Os autores serão comunicados, automaticamente, sobre o recebimento e registro do manuscrito.

 

O processo editorial só terá início se a submissão for encaminhada com os campos de metadados preenchidos de forma completa (informe “não há” quando for o caso) e se atender às condições abaixo. Caso contrário, será devolvido para adequação.

 

Enfatizamos que submissões devolvidas duas vezes por inadequação aos itens seguintes não serão recebidas novamente.

 

1 DIRETRIZES DE FORMATAÇÃO

 

a) Os originais devem ser submetidos em Documento Word, espaço 1,5cm, fonte Times New Roman, tamanho 12 (salvo as citações diretas, em bloco, com recuo de 4 cm da margem, nas quais a fonte é tamanho 10).

b) Todos os endereços “URL” (links para Internet: http://pkp.sfu.ca) no texto deverão ativos e levar diretamente ao documento citado.

 

2 ELEMENTOS DO MANUSCRITO 

 

a) Folha de rosto sem identificação de autoria (estas devem constar somente nos metadados) contendo:

- título em português e em inglês constituídos de no máximo 15 palavras

- resumo em português, de 100 a 150 palavras (ressaltando o tema, objetivo, método, resultados e conclusões do trabalho)

- palavras-chave, em português, no mínimo três e no máximo cinco, separadas por ponto e vírgula.

- Abstract compatível com o texto em português, também de 100 a 150 palavras.

- Keywords compatíveis com as palavras-chave em português.

 

NOTA sobre a identificação de autoria: como a revisão dos manuscritos é cega (blind review), é responsabilidade dos autores retirar elementos das “Propriedades” do documento capazes de identificá-los (ver opções do Menu “Arquivo” do Word). No mesmo sentido, é fundamental que o corpo do texto e notas não contenham qualquer elemento que permita a identificação da autoria, o que inclui: referência explícita à trabalhos anteriores dos autores, a suas instituições ou detalhes dos procedimentos de pesquisa que possibilitem a identificação da origem.

 

 

b) Corpo do texto

 

Indicativo de seção – Divisões do texto: a numeração das seções deverá ser progressiva, sem recuo, precedendo o título e dele separado por um espaço, alinhados à esquerda. Os títulos e subtítulos das seções deverão estar graficamente diferenciados entre si, por meio da utilização de negrito, sem negrito e, quando necessário, em itálico. Títulos e subtítulos não devem ser acompanhados de ponto final. Recomenda-se, no máximo, três níveis de intertítulos.

 

Quando o manuscrito for um relato de pesquisa, o texto deverá apresentar, além da Folha de rosto com os resumos, Introdução, Método, Resultados, Discussão e Referências. Se necessário, outros subtítulos podem ser acrescentados.

 

Utilize notas de rodapé o mínimo possível. Quando existirem, deverão ser ordenadas por algarismos arábicos.

 

Figuras e Tabelas devem ser apresentadas ao final do documento, acompanhadas dos respectivos títulos e legendas. Os locais para inserção de Figuras e Tabelas devem ser sugeridos através de indicação no texto. Assim, não utilize expressões como: Figura acima ou Tabela abaixo. 

 

Imagens devem ser encaminhadas em formato jpeg com pelo menos 300dpi.

 

Apêndices ou anexos só devem acompanhar o texto quando contiverem informação original importante ou detalhamento indispensável para a compreensão de alguma seção do trabalho. Acrescente, no final do texto, após as Referências, a data em que o manuscrito foi submetido.

 

2.1 CITAÇÕES NO CORPO DO TEXTO (ABNT / NBR 10520)

 

Todos os nomes de autores cujos trabalhos forem citados devem ser seguidos da data de publicação. Todos os estudos citados no texto devem ser listados na seção de Referências ou em Notas, se não foram publicados. Evite fazer citação da citação quando o original pode ser recuperado com facilidade. Caso necessário, deve-se citar nas Referências apenas a obra consultada e, no corpo do texto, indicar autores e datas dos dois artigos com o uso de ‘apud’, conforme o exemplo:

 

Ex.: Piaget (1932, apud FLAVELL, 1996).

 

Citação direta - até três linhas: As transcrições no texto de até três linhas devem estar encerradas entre aspas duplas. As aspas simples são utilizadas para indicar citação no interior da citação:

 

1) Barbour (1971, p. 35) descreve: “o estudo da morfologia dos terrenos [...] ativos.”

2) “Não se mova, faça de conta que está morta” (CLARAC; BONNIN, 1985, p. 72).

3) Segundo Pereira de Sá (1995, p. 27): [...] “por meio da mesma ‘arte da conversação’ que abrange tão extensa e significativa parte de nossa existência cotidiana.”

 

Citação direta - mais de três linhas: As transcrições no texto com mais de três linhas devem ser destacadas com recuo de 4 cm (quatro) da margem esquerda, com fonte tamanho 10 em espaço simples e sem aspas:

 

Ex.: A teleconferência permite ao indivíduo participar de um encontro nacional ou regional sem a necessidade de deixar seu local de origem. Tipos comuns de teleconferência incluem o uso da televisão, telefone e computador. Através de audioconferência, utilizando a companhia local de telefone, um sinal de rádio pode ser emitido em um salão de qualquer dimensão (NICHOLS, 1993, p.181).

 

Quando se tratar de comunicações pessoais (cartas, palestras, debates, comunicações conversas telefônicas ou pessoais – mensagens, etc.) não devem ser incluídas nas Referências; nesses casos, indicar entre parênteses a expressão “informação verbal”, mencionando-se os dados disponíveis somente em nota de rodapé:

 

Ex.: Tricart constatou que na bacia do Resende, no Vale do Paraíba, há indícios de cones de dejecção (informação verbal).

 

Para enfatizar trechos da citação direta, deve-se destacá-los indicando esta alteração com a expressão grifo nosso entre parênteses, após a idealização da citação (não utilizar itálico para dar destaque, utiliza-se itálico apenas para termos, expressões ou frases em língua estrangeira):

 

Ex.: [...] para que não tenha lugar a produção de degenerados, quer physicos quer moraes, misérias, verdadeiras ameaças à sociedade (SOUTO, 1916, p. 46, grifo nosso).

 

Caso o destaque seja do autor consultado, usa-se a expressão “grifo do autor”.

 

Citação direta: texto do autor consultado - devem ser indicados autor, ano e página da qual o texto foi retirado.

 

IMPORTANTE: Para mais informações sobre como elaborar citações no texto, consultar a Norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT NBR 10520

 

Quando o autor (ou a instituição responsável) estiver incluída na sentença, indica-se o autor em caixa baixa, exceto a primeira letra, seguido da data e página entre parênteses:

 

Ex.: Segundo Morais (1955, p. 32) assinala "[...] a presença de concreções de bauxita no Rio Cricon". Em Teatro Aberto (1963, p. 79) relata-se a emergência do teatro do absurdo.

 

Quando o autor estiver entre parênteses, deve vir em maiúsculas, seguido por ano e página:

 

Ex.: “Apesar das aparências, a desconstrução do logocentrismo não é uma psicanálise da filosofia". (DERRIDA, 1967, p. 293).

 

Especificar no texto também o volume, o tomo ou a seção da fonte consultada, quando houver:

 

Ex.: Freud (1974, v. 21, p. 81-171) define a dualidade [...].

 

IMPORTANTE: Indica-se consultar a Norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT NBR 10520 para mais detalhes de formatação.

 

3 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS

 

3.1 ELABORAÇÃO DE REFERÊNCIAS (ABNT / NBR 6023)

 

As referências devem ser apresentadas em ordem alfabética, alinhadas à esquerda e não justificadas. O espaçamento entre as linhas da mesma referência deve ser simples, assim como o espaço entre uma referência e outra.

Para referenciar dois ou mais artigos/obras de um mesmo autor, as referências devem ser apresentadas em ordem alfabética e em ordem crescente de data.

 

Exemplos de Referências:

 

Livros:

 

- um autor

 

HARVEY, D. The condition of postmodernity. Oxford: Brasil Blackwell, 1989. 378 p.

 

- até três autores: citam-se todos:

 

PAPALIA, Diane E; OLDS, Sally Wendkos; FELDMAN, Ruth Duskin. Desenvolvimento humano. 10. ed. Porto Alegre: McGraw-Hill do Brasil, 2009. 889 p.

 

- mais de três autores: se a obra possuir mais de três autores, utiliza-se a expressão “et al.”, (também nas citações no decorrer do texto), conforme exemplo:

 

ATKINSON, Richard C. et al. Introdução à psicologia de Hilgard. 13. ed. Porto Alegre: ARTMED, 2002. 790 p.

 

No texto:

Ex.: (ATKINSON, et al., 2002) ou: Segundo Atkinson, et al. (2002, p. 20)

 

Capítulos de livros:

 

CLAVAL, P. Réseaux territoriaux anracinement. In: DUPUY, G. (Org.). Réseaux territoriaux. Caen: Paradigme, 1988, p. 17-161.

 


 

Artigos em periódicos:

 

MOURA, A. S. de. Direito de habitação às classes de baixa renda. Ciências & Trópico, Recife, v. 11, n. 1, p.71-78, jan./jun. 1983.

Artigos de periódicos em meio eletrônico:

 

MALOFF, J. A internet e o valor da "internetização". Ciência da Informação, Brasília, v. 26, n. 3, jan./jul. 1997. Disponível em: <http://www.ibict.br/cionline/>. Acesso em: 18 maio 1998.

 

Artigos em jornais:

 

COUTINHO, W. O paço da cidade retorna ao seu brilho barroco. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 6 mar. 1985. Caderno B, p.6.

 

Anais de Eventos (citado e referido no todo):

 

CONGRESSO INTERNACIONAL DE FONOAUDIOLOGIA, 4.; ENCONTRO IBERO-AMERICANO DE FONOAUDIOLOIA, 3., 1999, São Paulo. Anais... São Paulo: [s.n.], 1999. 562 p.

 

Trabalho publicado em Anais de eventos:

 

BRAYNER, A. R. A.; MEDEIROS, C. B. Incorporação do tempo em SGBD orientado a objetos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE BANCO DE DADOS, 9., 1994, São Paulo. Anais... São Paulo, USP, 1994, p. 16-29.

 

Monografia, dissertação e tese:

 

GOMES, M. A. Passe livre já: participação política e constituição do sujeito. 2008. 145 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Programa de Pós Graduação em Psicologia, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. 2008.

 

Lei e Decreto:

 

BRASIL. Decreto n°. 5.731, de 20 de março de 2006. Dispõe sobre a instalação, a estrutura organizacional da Agência Nacional de Aviação Civil - ANAC e aprova o seu regulamento. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Decreto/D5731.htm>. Acesso em: 30 jul. 2007.

 

IMPORTANTE: Indica-se consultar a Norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT NBR 6023 para mais detalhes de formatação para quaisquer outros tipos de material que precisem ser referenciados.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, justificar em "Comentários ao Editor".

  2. Os arquivos para submissão estão em formato rtf (Formato Rich Text) e não ultrapassa 2MB)

  3. Todos os endereços de páginas na Internet (URLs), incluídas no texto (Ex.: http://www.ibict.br) estão ativos e prontos para clicar.

  4. Os metadados estão preenchidos de forma correta e completa.

  5. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na seção Sobre a Revista.

  6. A identificação de autoria deste trabalho foi removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma a avaliação cega por pares, conforme instruções disponíveis em Asegurando a Avaliação por Pares Cega

    .

 

Declaração de Direito Autoral

A aprovação dos textos implica a cessão imediata e sem ônus dos direitos de publicação na Revista de Ciências Humanas - UFSC, que terá a exclusividade de publicá-los em primeira mão. O autor continuará, não obstante, a deter os direitos autorais para publicações posteriores. No caso de republicação dos artigos em outros veículos, recomenda-se a menção à primeira publicação em Revista de Ciências Humanas.

Política de Acesso Livre – Psicologia & Sociedade é publicada sob o modelo de acesso aberto sendo, portanto, livre para qualquer pessoa ler, baixar, copiar e divulgar.

Esta revista proporciona acesso público a todo seu conteúdo, seguindo o princípio de que tornar gratuito o acesso a pesquisas gera um maior intercâmbio global de conhecimento. Tal acesso está associado a um crescimento da leitura e citação do trabalho de um autor. Para maiores informações sobre esta abordagem, visite Public Knowledge Project, projeto que desenvolveu este sistema para melhorar a qualidade acadêmica e pública da pesquisa, distribuindo o OJS assim como outros software de apoio ao sistema de publicação de acesso público a fontes acadêmicas. 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

.

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços de e-mail neste site serão usados exclusivamente para os propósitos da revista, não estando disponíveis para outros fins.