As dificuldades de efetivação da democracia: os desafios da resistência à mudança política no Brasil na obra de Celso Furtado

Maria José de Rezende

Resumo


Mapear a problemática da resistencia à mudanca política no Brasil é objetivo central deste artigo. As impossibilidades e as dificuldades de implernentação de um padrão de organização social inclusivo foram os grandes desafios enfrentados pelos homens de ciência e de ação no decorrer do seculo XX. A constituição de uma sociedade democrática no plano político e social foi apontada por Manoel Bomfim, Fernando de Azevedo e Celso Furtado como condicao essencial para reverter o modelo concentracionista da renda. Em razao de nao ser possivel, no âmbito de um artigo somente, apresentar as discussões desses três pensadores, optou-se por demonstrar que, nas reflexões de Celso Furtado, as dificuldades de publicização dos embates entre os interesses diversos constituiam um dos problemas fundamentais da nao-efetivação de uma sociedade democrática no Pais.

Palavras-chave


Democracia; Mudança; Resistência

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2005 Maria José de Rezende

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

R. Ci. Hum. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe 2178-4582

Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

 

.