Das teorias modernas de Estado à crítica da legitimação político-ideológica na organização social capitalista

Autores

  • Gisele Masson UEPG

DOI:

https://doi.org/10.5007/2178-4582.2010v44n1p69

Palavras-chave:

Estado moderno, Clássicos da filosofia política, Sociedade capitalista

Resumo

O presente artigo analisa as teorias do Estado moderno a partir da contribuição de autores clássicos da filosofia política como Hobbes, Locke, Rousseau, Kant, Hegel, Marx, Gramsci e outros. O objetivo desse estudo é apresentar um panorama das principais referências teóricas que deram sustentação à organização do Estado moderno bem como das discussões que foram empreendidas no sentido de desvelar a legitimação político-ideológica da organização capitalista presente em algumas teorizações.

Downloads

Publicado

2010-01-01

Edição

Seção

Artigos