Razão e sociedade na teoria da escolha racionalidade

Autores

  • Matheus Boni Bittencourt Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.5007/2178-4582.2017v51n2p497

Palavras-chave:

Racionalidade, Individualismo, Subjetividade

Resumo

Trata-se de uma resenha do livro “A escolha racional como teoria social e política: uma leitura crítica”, de Bruno Sciberras de Carvalho. A obra analisada consiste em um estudo de Sociologia do Conhecimento sobre a teoria da escolha racional nas Ciências Sociais, uma corrente central no debate político e sociológico contemporâneo. O mérito da obra é explicitar os pressupostos normativos implícitos da perspectiva da escolha racional, que imprudentemente universaliza e naturaliza a atitude instrumental egoísta como um dado da natureza humana, ocultando as condições histórico-sociais que a estruturam.


Biografia do Autor

Matheus Boni Bittencourt, Universidade Federal do Espírito Santo

Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Espírito Santo, especialista em História Literária, mestre em Sociologia pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal do Espírito Santo.

Referências

CARVALHO, Bruno Sciberras de. A escolha racional como teoria social e política: uma interpretação crítica. Topbooks: Rio de Janeiro, 2008, 283 p., ISBN 978-857475-152-8

Downloads

Publicado

2017-12-22

Edição

Seção

Resenhas