O estudo das representações sociais no Brasil (The study of-the social representations in Brazil)

Autores

  • Celso Pereira de Sá Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Angela Arruda Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Representações, Sociais, História da psicologia social

Resumo

0 presente trabalho pretende constituir numa contribuição história da psicologia social brasileira, através da sistematização de algumas memórias e registros acerca da trajetória da teoria das representações sociais no Brasil de 1982 a 1997. A primeira parte do texto descreve os passos iniciais dessa trajetória (1982 a 1987) e avalia o seu significado face ao contexto acadê- mico de então no que se refere ao ensino e A pesquisa da psicologia social. A segunda parte apresenta o quadro da produção brasileira no campo das representações sociais durante os dez anos seguintes (1988 a 1997), como resultado de um levantamento realizado por pesquisadores de quatorze universidades em todo o pais. A evolução dessa produção é acompanhada ano a ano, segundo cinco modalidades — livros, capítulos de livros, artigos, comunicações em eventos, teses e dissertações — e diferente Areas de conhecimento. Apresenti-se ainda uma breve análise comparativa do seu
conteúdo substantivo no período global considerado.

Biografia do Autor

Celso Pereira de Sá, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Psicólogo, pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ (1971), Mestre (1978) e Doutor em Psicologia (1985), pela Fundação Getúlio Vargas, com pós-doutorado na Université de Provence (1996). Na UERJ, foi Diretor do Instituto de Psicologia (1984-1987), Diretor do Centro de Educação e Humanidas (1988-1991) e Vice-Reitor (2000-2003). Desde 1995, é Professor Titular de Psicologia Social na UERJ, onde atua no Curso de Graduação em Psicologia e no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social (PPGPS), do qual foi o primeiro Coordenador (1991-1994). Sua experiência e produção acadêmica se concentram nos campos da análise do comportamento social, das representações sociais e da memória social, tendo conduzido e orientado pesquisas nos seguintes temas: controle e contracontrole sociais, socialização do conhecimento científico, religiões afro-brasileiras, representações sociais de políticas públicas e da exclusão social, memórias do descobrimento do Brasil e de regimes políticos brasileiros recentes (a Era Vargas, os Anos Dourados e o Regime Militar). Certificado pelo autor em 23/12/11

Angela Arruda, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Downloads

Publicado

2000-01-01