O mundo de Comenius: entre conflitos e guerras uma luz para a prática pedagógica

Autores

  • Alvori Ahlert Universidade Estadual do Oeste do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Comenius, Contexto social, Educação, Didática

Resumo

O presente artigo visa contextualizar histórico e socialmente um dos mais importantes teórico-práticos da Didática e, conseqüentemente, da Pedagogia Ocidental. Comenius viveu num dos períodos mais conturbados da Europa, em meio a um processo de longas e contínuas guerras religiosas e na transição do período do Feudalismo para o capitalismo e para a Modernidade. Submetido a profundos sofrimentos, Comenius não furtou-se em buscar, insistentemente, alternativas para educar melhor o ser humano e, assim, possibilitar-lhe vida mais digna e humana. Para Comenius, a educação era o caminho para um ser humano e uma sociedade melhor. Conhecer o contexto de sua prática e produção teórica pode contribuir para uma reconstrução da utopia em educação, tão necessária para a nossa prática pedagógica.

Biografia do Autor

Alvori Ahlert, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Pós-Doutor em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS. Doutor em Teologia pela Escola Superior de Teologia. Mestre em Educação nas Ciências pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Bacharel em Teologia pela Escola Superior de Teologia. Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Estadual do Oeste do Paraná-UNIOESTE.

Mais informações no Currículo Lattes.

Downloads

Publicado

2002-01-01

Edição

Seção

Artigos