Big Brother Brasil: a banalização do cotidiano

Autores

  • Pedrinho A. Guareschi Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  • Laura Helena Pelizzoli Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Mídia, Ideologia, Ética, Representações sociais

Resumo

Trabalho que analisa, de maneira critica, o programa campeão de audiência da televisão brasileira Big Brother Brasil. Dividese em duas partes: na primeira, apresenta um referencial ético para análise de programas midiáticos. Na segunda parte, faz uma análise do programa, a partir de dois grupos de informações: o primeiro constitui-se de cartas enviadas eletronicamente por ouvintes que manifestam críticas ao programa e o segundo conjunto de informações compõe-se de dados coletados pelos pesquisadores, tendo em vista a audiência do programa. Constroemse algumas categorias centrais que agrupam os principais temas trazidos pelos telespectadores e investigados pelos pesquisadores. As categorias são discutidas a partir do referencial ético. Ao final, sugere possíveis alternativas a programas desse gênero que possam ser eticamente aceitáveis.

Biografia do Autor

Pedrinho A. Guareschi, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Possui Graduação em Filosofia pela Faculdade de Filosofia Imaculada Conceição; Graduação em Teologia pelo Instituto Redentorista de Estudos Superiores de SP; Pós Graduação em Sociologia pela PUCRS; Graduação em Letras pela Universidade de Passo Fundo; Mestrado em Psicologia Social - Marquette University Milwaudee; Doutorado em Psicologia Social - University Of Wisconsin At Madison; Pós-Doutorado no Departamento de Ciências Sociais na Universidade de Wisconsin e Pós-Doutorado no Departamento de Ciências Socias na Universidade de Cambridge. Atualmente é professor convidado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Mais informações no Currículo Lattes.

Laura Helena Pelizzoli, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS. E Graduação em Letras-Bacharelado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS.

Mais informações no Currículo Lattes.

Downloads

Publicado

2004-01-01

Edição

Seção

Artigos