Os taxistas de Florianópolis/SC e o ambiente noturno urbano da cidade

Gabriel Luis Rosa

Resumo


Esta pesquisa se propõe a analisar o universo dos taxistas em serviço durante a madrugada em Florianópolis, horário este em que grande parte da população não se locomove e o espaço se transforma. O trabalho foi feito a partir da observação participante e do uso de técnicas de pesquisa qualitativa, e devido ao caráter breve da análise, optou-se por pelo campo em um único ponto de táxi “chave” na cidade, localizado na Praça Santos Dumont e próximo à Universidade Federal de Santa Catarina. São abordados tópicos como a relação de tal grupo com o trânsito, com os clientes e com fatores específicos como a criminalidade e o rendimento diferenciado.


Palavras-chave


Taxistas; Florianópolis/ SC; Antropologia urbana; Espaço urbano; Campo noturno

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2178-4582.2012v46n2p535

Direitos autorais 2013 Gabriel Luis Rosa

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

R. Ci. Hum. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe 2178-4582

Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

 

.