Análise faunística de gafanhotos (Orthoptera, Acridoidea) em fragmento florestal próximo ao Rio Uruguai, município de Chapecó, Santa Catarina

Carla Graciani, Flávio Roberto Mello Garcia, Maria Kátia Matiotti da Costa

Resumo


O trabalho teve como objetivo caracterizar a comunidade de gafanhotos (Orthoptera, Acridoidea) através da análise faunística, na região do Lageado Monte Alegre, margens do Rio Uruguai no município de Chapecó, região Oeste de Santa Catarina. As coletas foram realizadas semanalmente, entre outubro de 2001 e setembro de 2002, utilizando-se armadilhas de solo, rede de varredura, guarda-chuva entomológico e coletas no folhiço. Foram medidos os índices de abundância, freqüência, constância, dominância e o índice de diversidade. Foi coletado um total de 713 acridóideos pertencentes a 18 espécies, 17 gêneros e 3 famílias. Da família Acrididae foram amostradas 13 espécies: Abracris flavolineata, Allotruxalis strigata, Amblytropidia sola, Amblytropidia sp., Cylindrotettix chacoensis, Dichroplus misionensis, Eurotettix lilloanus, Metaleptea brevicornis adspersa, Orphulella punctata, Parorphula graminea, Rhammatocerus brunneri, Ronderosia bergi e Schistocerca flavofasciata. Da família Romaleidae, quatro espécies: Staleochlora viridicata, Chromacris speciosa, Zoniopoda tarsata e Xyleus discoideus. Da família Tridactylidae foram coletados duas ninfas não identificadas. A espécie dominante foi A. strigata.

Palavras-chave


Análise faunística; Insecta; Diversidade; Ecologia

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2005 Carla Graciani, Flávio Roberto Mello Garcia, Maria Kátia Matiotti da Costa

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.