Mamíferos terrestres não voadores da Ilha de Santa Catarina, sul do Brasil

Maurício E. Graipel, Jorge J. Cherem, Alfredo Ximenez

Resumo


Neste trabalho apresenta-se uma lista com alguns comentários sobre os mamíferos terrestres não voadores da Ilha de Santa Catarina (27º10'S - 27º50'S e 48º25'W - 48º35'W, 451 km²). Os seguintes métodos foram empregados: 1) Levantamento bibliográfico; 2) Identificação dos espécimens depositados na Coleção Científica de Mamíferos da Universidade Federal de Santa Catarina; 3) Uso de armadilhas pequenas (260 x 140 x 90 mm) e médias (410 x 200 x 170 mm); 4) Registro visual, identificação de vestígios e recuperação de animais mortos; 5) Entrevistas com moradores locais. Vinte e cinco espécies pertencentes a doze famílias e cinco ordens foram confirmadas. Quatro espécies foram mencionadas nas entrevistas, mas não confirmadas. Os resultados mostram uma completa ausência de espécies maiores e uma ausência parcial daquelas de médio porte, muitas delas presentes em sítios arqueológivos na ilha e/ou ocorrendo atualmente no continente adjacente. A extinção local dessas espécies iniciou-se provavelmente com a instensificação da colonização européia da ilha (século XVIII) e suas principais causas foram a caça e a destruição de habitat.

Palavras-chave


Mamíferos terrestres; Ilha de Santa Catarina; Sul do Brasil

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2001 Maurício E. Graipel, Jorge J. Cherem, Alfredo Ximenez

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.