Efeito de diferentes concentrações salinas na redução do tempo de cocção de feijão (Phaseolus vulgaris L.)

Juliano Garcia Bertoldo, Jefferson Luís Meirelles Coimbra, Cristian Berto da Silveira, Diego Toaldo

Resumo


O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito de diferentes concentrações salinas, no intuito de avaliar o tempo de cocção em grãos de feijão envelhecidos. O experimento foi conduzido nas dependências do Instituto de Melhoramento e Genética Molecular (IMEGEM/UDESC), sob delineamento de blocos ao acaso, com duas repetições num esquema fatorial 2 x 4 (duas cultivares e quatro doses de NaCl). As cultivares utilizadas foram uma do grupo carioca (Pérola) e outra do grupo preto (Uirapuru). Os grãos, após a pesagem, foram hidratados nas diferentes concentrações de cloreto de sódio (NaCl), sem adição de NaCl (0g) e com adição de NaCl (5g, 10g e 25g) durante 12 horas a 25°C. Após o embebimento, os grãos foram submetidos ao teste de cocção, utilizando o aparelho cozedor de Mattson. Foi possível determinar as concentrações de NaCl nas quais ocorreram maior redução dos tempos de cocção. Para o cultivar Pérola o tempo de cocção foi reduzido em 31 minutos, pela adição de 11g de NaCl, enquanto o cultivar Uirapuru teve seu tempo de cocção reduzido em 25 minutos na adição de 16,75g de NaCl


Palavras-chave


Phaseolus vulgaris L.; Tempo de cocção; NaCl

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2008v21n3p39

Direitos autorais 2008 Juliano Garcia Bertoldo, Jefferson Luís Meirelles Coimbra, Cristian Berto da Silveira, Diego Toaldo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.