Composição de bandos mistos de aves no Parque Estadual das Araucárias, oeste de Santa Catarina, Brasil

Ivo Rohling Ghizoni-Junior

Resumo


Bandos mistos de aves são associações de duas ou mais espécies possivelmente formados pela maximização de forrageio e/ou minimização de predação. Diversos estudos com bandos mistos vêm sendo realizados no sul do Brasil, mas nenhum em Floresta Ombrófila Mista. Em função disso, foi realizado um acompanhamento de bandos mistos florestais no Parque Estadual das Araucárias (PEA) em São Domingos, oeste de Santa Catarina, de 2006 a 2007. Foram registradas 56 espécies de aves nos 29 bandos encontrados, das quais 36 espécies (64%) apresentaram frequência de ocorrência superior a 10%. Os bandos foram formados, em média por 11 espécies e as mais abundantes foram Parula pitiayumi (72%), Hemithraupis guira (65%), Basileuterus culicivorus (62%), Lepidocolaptes falcinellus (62%), Veniliornis spilogaster (55%) e Sittasomus griseicapillus (51%). Aparentemente não há uma espécie nuclear que atue como responsável pela formação e coesão dos bandos mistos, mas um complexo de espécies nucleares que favorecem que os bandos sejam relativamente grandes.


Palavras-chave


Aves; Bandos mistos; Floresta Ombrófila Mista; Santa Catarina

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2009v22n3p143

Direitos autorais 2011 Ivo Rohling Ghizoni-Junior

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.