Artérias da bolsa cloacal de galinhas (Gallus gallus) da linhagem Hybro PG

Andréa Regina Abrantes Gomes, Frederico Ozanam Carneiro e Silva, Renata Lima Miranda, Gabrielle Gonçalves Narciso Resende

Resumo


A pesquisa baseou-se no estudo da origem, número e ordenação dos vasos arteriais e seus ramos os quais irrigam a bolsa cloacal de 30 galinhas (Gallus gallus) da linhagem Hybro PG. Inicialmente, foi injetada, na artéria isquiática dos exemplares, uma solução aquosa a 50% de Neoprene Látex 450 e, posteriormente, realizada a dissecação. Os resultados evidenciaram a participação das artérias pudendas interna esquerda e direita e bursocloacal, em todos os animais estudados, variando apenas o número e a ordenação de seus ramos. Houve também vasos oriundos das artérias caudal mediana (23%) e pudenda externa esquerda (3,33%). O número total de ramos variou de um a quatro e sua distribuição seguiu de forma singular para cada exemplar.

Palavras-chave


Aves; Bolsa cloacal; Tecido linfόide; Vascularização

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2009v22n4p153

Direitos autorais 2011 Andréa Regina Abrantes Gomes, Frederico Ozanam Carneiro e Silva, Renata Lima Miranda, Gabrielle Gonçalves Narciso Resende

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.