Anurofauna da Colônia Castelhanos, na Área de Proteção Ambiental de Guaratuba, Serra do Mar paranaense, Brasil

Adriele Karlokoski Cunha, Igor Soares de Oliveira, Igor Soares de Oliveira, Marilia Teresinha Hartmann, Marilia Teresinha Hartmann

Resumo


A riqueza de espécies e a distribuição espacial dos anuros foram estudadas ao longo de 12 meses em uma região de Floresta Atlântica no Município de São José dos Pinhais, estado do Paraná, Brasil. Foram registradas 32 espécies, distribuídas em dez famílias: Brachycephalidae (2), Bufonidae (2), Centrolenidae (1), Cycloramphidae (1), Hemiphractidae (1), Hylidae (18), Hylodidae (1), Leiuperidae (2), Leptodactylidae (3) e Microhylidae (1). A área aberta apresentou 16 espécies, enquanto a área de borda apresentou 17 e o interior de floresta 20. Quanto à utilização dos microhabitats, as espécies foram encontradas: 1) no solo (oito); 2) na água (duas); 3) estrato inferior (onze); 4) estrato intermediário (cinco); 5) estrato superior (quatro). Cinco foram abundantes (15,6%), doze foram comuns (37,5%) e quinze foram raras (46,9%). A maioria das espécies é característica de áreas florestais, reforçando a importância da conservação da Floresta Atlântica.


Palavras-chave


Anuros; Inventário; Floresta Atlântica

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n2p123

Direitos autorais 2011 Adriele Karlokoski Cunha, Igor Soares de Oliveira, Igor Soares de Oliveira, Marilia Teresinha Hartmann, Marilia Teresinha Hartmann

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.