Morfometria do timo de coelhos Nova Zelândia branco tratados com gentamicina

Autores

  • Matheus Henrique Magalhães Silva
  • Maria Rita Pacheco Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho
  • Annita Morais Girardi
  • Marília Ferreira Rosa
  • Silvana Martinez Baraldi Artoni
  • Marcos Lania Araújo

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n3p143

Palavras-chave:

Coelho, Gentamicina, Morfometria, Timo

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar a morfometria da cortical e medular dos lóbulos tímicos individualizados de coelhos da raça Nova Zelândia Branco pela determinação da área (µm2), perímetro (µm), diâmetro máximo (µm), diâmetro mínimo (µm) e fator de forma. Deste modo, o timo de dez coelhos tratados com gentamicina e dez controles (machos e fêmeas) foram histologicamente processados. A dose de gentamicina utilizada e o tempo de administração deste aminoglicosídeo foram adequados e condizentes à recomendação terapêutica. Este antibiótico não alterou a morfometria deste órgão e não foi imunodepressor.

Biografia do Autor

Matheus Henrique Magalhães Silva

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP. Campus Jaboticabal (2009). Tem experiência na área de Pesquisa Animal, com ênfase em Fisiologia, Farmacologia, Morfologia e Histologia. Bem como em Reprodução Animal.

Maria Rita Pacheco, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1977) , graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1977) , mestrado em Zootecnia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1983) e doutorado em Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres pela Universidade de São Paulo (1994) . Atualmente é Professor assistente doutor - MS3 da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Morfologia , com ênfase em Histologia. Atuando principalmente nos seguintes temas: morfologia, Morfometria, Megacariocitopoese Hepatica, Fase Intra-Uterina e Pos-Natal, Coelho.

Annita Morais Girardi

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2009). Atualmente é Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária, área de Clínica Médica, na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal - Unesp.

Silvana Martinez Baraldi Artoni

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1978), mestrado em Zootecnia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1983) e doutorado em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1993). Atualmente é livre-docente da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Morfologia dos Animais Domésticos, com ênfase em Anatomia, atuando principalmente nos seguintes temas: Morfologia, Morfometria, Anatomia Radiográfica associada à Densitometria e Utilização de Biomateriais nos processos de cicatrização dos tecidos.

Marcos Lania Araújo

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (1974), mestrado em Medicina Veterinária pela Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais (1979) e doutorado em Ciências Biológicas (Anatomia) [Botucatu] pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1990). Atualmente é professor doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho- Campus de Jaboticabal. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Morfologia Animal, atuando principalmente nos seguintes temas: anatomia, morfometria, morfologia e tegumento.

Downloads

Publicado

2010-01-01

Edição

Seção

Artigos