Dieta e conteúdo calórico de aves atropeladas na região central do estado do Paraná, Brasil

Camila Crispim de Oliveira Ramos, Claudio Henrique Zawadzki, Evanilde Benedito

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2011v24n4p153

Foi analisado o conteúdo estomacal e calórico de 70 espécimes de aves atropeladas em estradas da região central do estado do Paraná, Brasil. Das amostras analisadas, 31% foram de aves omnívoras, 30% insetívoras, 16% carnívoras, 14% frugívoras e 9% insetívoro/frugívoras. Diversificação na dieta foi constatada, especialmente, para carnívoros e omnívoros. Os itens alimentares com maior ocorrência foram Coleoptera (20%), Sementes (17%) e Hymenoptera (15%). O item com maior freqüência volumétrica foi Rodentia (35%). Frugívoros e insetívoros apresentaram as maiores médias calóricas. A presença de itens de diversas origens na dieta das espécies pode significar escassez dos itens preferenciais em conseqüência do impacto das rodovias.


Palavras-chave


Avifauna; Alimentação; Conteúdo calórico; Impacto; Rodovias

Texto completo:

PDF/A


Direitos autorais 2011 Camila Crispim de Oliveira Ramos, Claudio Henrique Zawadzki, Evanilde Benedito

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.