Flutuação populacional de moscas-das-frutas (Diptera, Tephritidae) em pomares de pessegueiro e maracujazeiro em Iraceminha, Santa Catarina

Sheila Alberti, Gilson Marcos Bogus, Flávio Roberto Mello Garcia

Resumo


O objetivo do estudo foi conhecer a flutuação populacional das moscas-das-frutas em pomares de pessegueiro e maracujazeiro no município de Iraceminha, Santa Catarina. Para o levantamento foram instalados frascos “caça-moscas” do tipo McPhail, contendo glicose invertida a 10%, no período de abril de 2006 a março de 2007. As moscas capturadas foram identificadas no Laboratório de Entomologia da UNOCHAPECÓ. As fêmeas coletadas pertencem a 12 espécies e quatro gêneros. Os adultos de Anatrepha fraterculus ocorreram em todas as estações do ano, com pico populacional em outubro/2006, nos pomares de pessegueiro. Os níveis populacionais de Anastrepha grandis mantiveram-se mais elevados durante os primeiros cinco meses da pesquisa, no pomar de maracujazeiro. Foi constatado baixa infestação dos gêneros Ceratitis capitata, Blepharoneura sp. e Tomoplagia sp. em relação às moscas do gênero Anastrepha. Os resultados mostraram que a presença das moscas está associada a disponibilidade de alimento e não com as condições climáticas.

 


Palavras-chave


Insecta; Anastrepha; nível populacional; pomares

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2012v25n2p53

Direitos autorais 2012 Sheila Alberti, Gilson Marcos Bogus, Flávio Roberto Mello Garcia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.