Descrição morfológica do plexo braquial de jaguatirica (Leopardus pardalis)

Kylma Lorena Saldanha Chagas, Lara Cochete Moura Fé, Luiza Correa Pereira, Ana Rita Lima, Érika Branco

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2014v27n2p171

O plexo braquial é constituído por raízes ventrais dos nervos espinhais que se unem para a formação dos troncos nervosos. É geralmente formado por contribuições dos três últimos nervos cervicais e dos dois primeiros nervos torácicos. Devido à escassez de informações relativas à neuroanatomia, objetivou-se buscar a descrição da morfologia macroscópica do plexo braquial da jaguatirica (Leopardus pardalis). Foram utilizados dois exemplares de jaguatirica provenientes da área de Mina Bauxita Paragominas – PA, Brasil/Empresa Terra LTDA, doados após morte por atropelamento ao Laboratório de Pesquisa Morfológica Animal (LaPMA) da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), os quais foram fixados em solução aquosa de formoldeído a 10% por via intramuscular. Após fixação os animais foram dissecados, possibilitando a observação e identificação dos ramos ventrais dos nervos espinhais cervicais e torácicos que participaram da formação do plexo braquial. O plexo braquial mostrou-se formado por quatro troncos, os quais originaram os ramos ventrais dos nervos espinhais cervicais C6, C7 e C8 e do primeiro torácico T1. Tais troncos deram origem aos nervos supraescapular, subescapular, musculocutâneo, axilar, radial, mediano, ulnar, toracodorsal e torácico lateral.


Palavras-chave


Jaguatirica; Nervos; Plexo braquial

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2014v27n2p171

Direitos autorais 2014 Kylma Lorena Saldanha Chagas, Lara Cochete Moura Fé, Luiza Correa Pereira, Ana Rita Lima, Érika Branco

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.