Tratamentos pré-germinativos para sementes de Hymenaea stigonocarpa Mart. ex Hayne

Sergio Roberto Garcia dos Santos, Renata Salaro Stecca e França de Oliveira, Luciana Cantanhede de Souza, Sebastiana Dutra Souza Revoredo da Silva

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2016v29n4p1

Hymenaea stigonocarpa, conhecida como jatobá-do-cerrado, pertence à família Fabaceae (Leguminosae) e está incluída na categoria de espécie “quase ameaçada de extinção”. Seus indivíduos ocorrem em áreas de cerrado e cerradão e suas sementes apresentam dormência física. Em razão dessa característica, este estudo teve por objetivo avaliar diferentes tratamentos pré-germinativos em sementes de H. stigonocarpa, sendo eles: imersão em fogo, ácido sulfúrico, ácido clorídrico, acetona, éter e água quente (100°C), além de escarificação mecânica com lixa e corte do tegumento com alicate de unha, lavagem em água corrente por 2 h. Os resultados obtidos pelos tratamentos foram comparados aos da testemunha, que não foi submetida a nenhum deles. Os parâmetros analisados foram: a porcentagem de germinação, o Índice de Velocidade de Germinação (IVG) e os percentuais de sementes duras e firmes e de sementes mortas. Os resultados obtidos foram: a) germinação: a água fervente e o ácido sulfúrico foram superiores aos da testemunha; b) IVG: a água fervente, o ácido sulfúrico, o fogo e a lixa foram superiores aos da testemunha; e c) não foram observadas diferenças estatísticas entre a testemunha e os demais tratamentos para o percentual de sementes mortas. Em vista disso, os tratamentos com a água fervente e o ácido sulfúrico se mostraram os melhores, considerando-se os parâmetros analisados.


Palavras-chave


Cerrado; Dormência; Espécie florestal; Espécie quase ameaçada; Espécie nativa

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2016v29n4p1

Direitos autorais 2016 Sergio Roberto Garcia dos Santos, Renata Salaro Stecca e França de Oliveira, Luciana Cantanhede de Souza, Sebastiana Dutra Souza Revoredo da Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.