Métodos de inoculação de Colletotrichum lindemuthianum em sementes de feijão e danos em plântulas

Patricia Migliorini, Keilor da Rosa Dorneles, Gustavo Fonseca Rodrigues, Gabriele de Paula, Lilian Vanussa Madruga de Tunes

Resumo


A antracnose causada pelo fungo Colletotrichum lindemuthianum (Sacc. & Magnus) Scrib. é uma das doenças mais sérias da cultura do feijão. Técnicas de inoculação são importantes para avaliações de resistência de genótipos e de métodos de controle em fases iniciais do desenvolvimento de plântulas. Diante da necessidade de se obter plântulas infectadas, o presente trabalho teve por objetivo testar diferentes métodos de inoculação de C. lindemuthianum em sementes de feijão e verificar o impacto na emergência e no desenvolvimento inicial das plântulas. Foram utilizadas sementes da cv. BRS Expedito, as quais foram inoculadas pelos métodos de suspensão de esporos, de contato com o patógeno em meio com restrição hídrica e de inoculação com discos de BDA contendo micélio e esporos do fungo no substrato. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com oito repetições. Foram feitas avaliações de emergência, comprimento de parte aérea, massa seca de parte aérea e a incidência de sintomas da doença em folha e no hipocótilo. Os métodos de inoculação utilizados foram eficientes para causar infecção do patógeno em plântulas de feijão, sem afetar a emergência, destacando o método de contato com o patógeno em meio com restrição hídrica como o mais eficaz.


Palavras-chave


Antracnose; Contaminação; Desenvolvimento inicial; Feijão; Infecção

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2017v30n1p37

Direitos autorais 2017 Patricia Migliorini, Keilor da Rosa Dorneles, Gustavo Fonseca Rodrigues, Gabriele de Paula, Lilian Vanussa Madruga de Tunes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.