Toxicidade de extratos de Anadenanthera macrocarpa (Fabaceae: Mimosoideae) e Bougainvillea buttiana (Nyctaginaceae) para lepidópteros-praga

Diego Tavares Carvalhinho, Raimundo Henrique Ferreira Rodrigues, Eliane Carneiro, Gleidyane Novais Lopes, Luciana Barboza Silva, Bruno Ettore Pavan

Resumo


O uso de extratos vegetais apresenta grande eficiência no manejo de pragas, destinados a produções agrícolas de pequeno e médio porte, por controlar uma gama muito grande de artrópodes. O objetivo desta pesquisa consiste em avaliar os efeitos tóxicos dos extratos de Anadenanthera macrocarpa (Fabaceae: Mimosoideae) e Bougainvillea buttiana (Nyctaginaceae) em Helicoverpa armigera (Hübner), Spodoptera cosmioides (Walker) e Spodoptera frugiperda (Smith) (Lepidoptera: Noctuidae). Lagartas de H. armigera e S. cosmioides foram mantidas em discos foliares de soja, enquanto S. frugiperda foi mantida em discos foliares de milho, tratados com os extratos aquoso diluídos nas concentrações de: 0, 500, 1.000, 2.500, 4.000, 5.000, 10.000 e 15.000 mg.L-1. Foram mensurados os efeitos letais e subletais dos extratos sobre os insetos. De acordo com os resultados obtidos, a concentração de 500 mg.L-1 do extrato de A. macrocarpa causou o maior percentual de mortalidade (93,33%) em H. armigera. O extrato de B. buttiana causou 86,67% e 60% de mortalidade em H. armigera (1.000 mg.L-1) e S. cosmioides (4.000 mg.L-1), respectivamente. A redução da emergência dos adultos foi o principal efeito subletal constatado em S. cosmioides e S. frugiperda. Considerando os resultados obtidos, destaca-se que os extratos vegetais utilizados apresentam-se como uma alternativa em potencial para o manejo de lepidópteros-praga.

 


Palavras-chave


Angico-preto; Lagartas desfolhadoras; Três-marias

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2017v30n2p15

Direitos autorais 2017 Diego Tavares Carvalhinho, Raimundo Henrique Ferreira Rodrigues, Eliane Carneiro, Gleidyane Novais Lopes, Luciana Barboza Silva, Bruno Ettore Pavan

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.