Efeitos da ocupação antrópica sobre comunidades de aves de ilhas das baías de Laranjeiras e Guaraqueçaba - PR

Autores

  • Valéria dos Santos Moraes Centro de Estudos do Mar (UFPR). E Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento (UFPR)
  • Ricardo Krul Centro de Estudos do Mar (UFPR). E Pós-Graduação em Zoologia (UFPR)

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Ilhas, Ocupação humana, Aves, Conservação

Resumo

Há varios parâmetros que podem ser considerados importantes modeladores de comunidades insulares animais, como área de ilhas, elevação, diversidade florística, isolamento, presença de predadores e competidores. Foram estudadas comunidades de aves de três ilhas: Rasa e Gamelas, baía de Guaraqueçaba, e Bananas, baía de Laranjeiras. Os resultados sugerem que a ocupação humana exerce influência sobre os padrões de distribuição de espécies. Coragyps atratus é muito abundante na Ilha Rasa, onde o acúmulo de resíduoes sólidos e descartes da pesca garantem o sustento de sua população. A Ilha das Gamelas que é habitada apenas por uma moradora serve de ponto de parada e repouso para grandes bandos de Phalacrocorax brasilianus. A ilha das Bananas não é ocupada permanentemente por populações humanas e é um ponto de parada para bandos mistos de aves marinhas (Larus dominicanus, L. maculipennis, Sterna hirundinacea, S.hirundo, S. eurygnatha e S. superciliaris). As comunidades de aves mostram respostas diferenciais às perturbações antropogênicas.

Biografia do Autor

Valéria dos Santos Moraes, Centro de Estudos do Mar (UFPR). E Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento (UFPR)

Possui Graduação em Ciências Biológicas pela UFPR - Universidade Federal do Paraná, Mestrado em Ecologia pela UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas e Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento pela UFPR. Pós-Doutoranda em Ecologia pela UNICAMP e pesquisadora-colaboradora do Laboratório de Ornitologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Mais informações no Currículo Lattes.

Ricardo Krul, Centro de Estudos do Mar (UFPR). E Pós-Graduação em Zoologia (UFPR)

Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Paraná, UFPR. Mestrado em Zoologia pela Universidade Federal do Paraná, UFPR. Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade Federal do Paraná, UFPR.

Mais informações no Currículo Lattes.

Downloads

Publicado

1999-01-01

Edição

Seção

Artigos