Variações morfo-anatômicas dos folíolos de Tapirira guianensis Aubl. em relação a diferentes estratos da floresta

Maria Regina Boeger, Luiz Carlos Alves, Raquel Rejane Bonatto Negrelle

Resumo


Foram analisados os folíolos de Tapirira guianensis Aubl. - espécie parcialmente tolerante à sombra - com o objetivo de avaliar as alterações morfométricas e anatômicas ao longo do processo de crescimento de indivíduos jovens do sub-bosque até quando estes atingem sua maturidade e alcançam o dossel. O material vegetal foi coletado na Reserva Volta Velha, Município de Itapoá, SC, em remanescente de Floresta Ombrófila Densa de Planície Quaternária. Observou-se que as folhas dos indivíduos adultos, pertencentes ao dossel, apresentam menor área foliar, maior densidade estomática, maior espessura total da folha e da cutícula, parênquima lacunoso menos espesso e formação de uma nova camada de tecido paliçádico, em relação à classes etárias mais jovens. Tais modificações são associadas, provavelmente, com fatores ambientais tais como luz, temperatura e umidade, que caracterizam diferentes compartimentos do gradiente vertical da floresta.

Palavras-chave


Tapirira guianensis; Anatomia foliar; Área foliar; Floresta Atlântica; Estratificação

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 1998 Maria Regina Boeger, Luiz Carlos Alves, Raquel Rejane Bonatto Negrelle

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.